Boa dormida – Dicas essenciais para escolher o travesseiro certo
17 de julho de 2017
5 calmantes naturais que ajudam a tratar a ansiedade, insônia e até depressão
17 de julho de 2017

10 brincadeiras para crianças com até 10 anos que não exigem brinquedos

Para as crianças, brincar é a primeira forma de se relacionar com o mundo. É através da brincadeira que a criança compreende o mundo à sua volta, aprende regras, testa habilidades físicas (como correr, pular) e aprende a ganhar e perder.

Sabendo que os pais não devem subestimar o valor das brincadeiras, essenciais para o desenvolvimento da criança, o Pátio Hype listou dez sugestões diferentes – que não precisam de brinquedos – para você se jogar na diversão com seu filho. Confira as dicas e coloque-as em prática nestas férias!

1 – Achou!

Idade: De seis a nove meses

Número de participantes: Dois (um adulto e um bebê)

Sente o bebê no chão ou numa cadeira de frente para você. Pegue uma toalha e cubra o rosto com ela. Tire a toalha e mostre o seu rosto enquanto diz “achou”. Experimente também colocar a toalha na cabeça do bebê e tirá-la.

valor-das-brincadeiras-3

2 – Bolhas de sabão

Idade: Dois anos

Número de participantes: a partir de um

Misture duas colheres de sopa de detergente em um copo de água. Mexa bem e com um canudinho assopre. Quanto mais devagar a criança assoprar, maior ficará o bolha.

3 – Não me faça rir

Idade: Três anos

Número de participantes: a partir de dois

Uma criança tenta fazer a outra rir, enquanto ela tenta desesperadamente segurar a risada. Quem rir primeiro, perde.

4– Telefone sem fio

Idade: Quatro anos

Número de participantes: a partir de quatro

As crianças devem ficar em círculo ou enfileiradas. A primeira cria uma mensagem e fala no ouvido da próxima. A mensagem vai passando adiante, cada um dizendo aquilo que entendeu. O último participante deve dizer, em voz alta, o que ouviu. Se estiver correto, o criador da mensagem vai para o fim.

valor-das-brincadeiras-2

5 – Mímica

Idade: Cinco anos

Número de participantes: a partir de quatro

Divida as crianças em dois times. Um participante deve se dirigir ao grupo adversário, que irá falar alguma palavra. A criança tem três minutos para representar, apenas com gestos, e o time deve adivinhar. O time que acertar mais, ganha.

6 – Quem sou eu?

Idade: Seis anos

Número de participantes: a partir de três

Os jogadores devem ficar numa roda, e cada um escolhe o nome de uma celebridade, personagem de filme ou desenho, ou mesmo do convívio delas, escreve num papel e gruda na testa do participante da direita, sem que ele veja. Cada criança faz perguntas para os outros jogadores sobre o que ela é. Por exemplo: eu sou uma mulher? E os jogadores só podem responder sim ou não. A criança então tem uma chance de dar um palpite. Ganha quem acertar primeiro.

7 – O objeto oculto

Idade: Sete anos

Número de participantes: de quatro a doze

Uma das crianças escolhe um objeto que está à vista no ambiente, diz a cor dele e espera que os outros jogadores o encontrem. Ela também pode dar outras dicas. O primeiro que achar o objeto escolherá o próximo, na próxima rodada.

8 – Dicionário

Idade: Oito anos

Número de participantes: de quatro a doze

Pegue um dicionário, abra numa página qualquer e leia em voz alta para as crianças a definição de uma palavra aleatória. O primeiro jogador que adivinhar a palavra marca um ponto. O vencedor será o primeiro que marcar 10 pontos.

valor-das-brincadeiras-6

9 – Pescaria de clipes

Idade: Nove anos

Número de participantes: a partir de dois

Esvazie uma caixa de clipes em uma tigela grande. Entregue a cada criança um cabide de arame cuja ponta tenha a forma de gancho. Os participantes devem pescar os clipes com o gancho. O jogador que tiver pescado mais é o vencedor.

10 – A letra mágica

Idade: Dez anos

Número de participantes: de quatro a oito

Todos os participantes escolhem uma letra do alfabeto. Na sua vez, a criança recita uma frase em que todas as palavras comecem pela letra escolhida. Quem se enganar, ou não falar nada, é eliminado. A frase mais engraçada ou inteligente marca um ponto. O vencedor é quem obtiver mais pontos.

valor-das-brincadeiras-4

Brincar tem um viés que vai muito além da simples fantasia. Enquanto um adulto vê apenas uma criança empilhando bloquinhos, para o pequeno o valor das brincadeiras significa experimentar as possibilidades de construir e conhecer novas cores, formatos e texturas. Então, nada melhor do que estimular a imaginação da criançada e aproveitar bons momentos em família, não é mesmo?

Fotos: Reprodução. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *