Point Lauro Maia – Bar do Vaval recebe o projeto Museu Orgânico
6 de dezembro de 2018
Programação de dezembro das Feiras de Pequenos Negócios
6 de dezembro de 2018

10 filmes da Disney originados de histórias para lá de sombrias

Filmes da Disney: como não amar? Todas aquelas histórias encantadas, cheias de príncipes, princesas, monstros, animais falantes e muita, muita magia… Difícil pensar em um filme que seja triste, sombrio e pesado, certo? Porém, por mais que associemos momentos de alegria e felicidade aos filmes da Disney, sabia que algumas histórias têm origens para lá de sombrias? E que há filmes que vêm de verdadeiros contos de terror?

A gente separou dez filmes famosos que são originados justamente de histórias de arrepiar a espinha… Confira no 10+ No Pátio dessa semana:

Cinderella

Ah, a história da órfã tratada como empregada, que com a ajuda encantada de uma fada madrinha conhece um príncipe e se apaixona… Parece lindo, certo? Porém, na história original escrita por Charles Perrault, o final é um pouco mais sangrento do que conhecemos…

Na ânsia de que o príncipe escolha uma de suas filhas, a madrasta as obriga a cortar os dedos dos pés e o calcanhar, para que caibam no sapatinho. Porém, o Príncipe vê o sangue e as rejeita. No fim das contas, ele de fato de casa com Cinderella, mas no dia da festa, as duas irmãs acabam tendo os olhos comidos por pássaros!

A Pequena Sereia

Aqui não tem nada de perder a voz para ganhar as pernas não… Na versão original escrita por Christian Andersen, a coisa era mais complicada. Ariel teve sua língua cortada e, no contrato que ela assinou, havia escrito, em letras miúdas, que as pernas que ela ganharia iriam doer constantemente, como se Ariel pisasse em facas. Muda e com muitas dores, ela acabou vendo seu amado se casar com outra mulher, e se jogou ao mar, onde acabou virando espuma…

Mulan

O filme foi baseado em um poema que conta que, na verdade, a China perdeu a guerra. O khan vencedor permite que Mulan viva, mas com uma condição: ela terá que morar com ele. Ela então consegue fugir, mas, ao chegar em casa, descobre que seu pai morreu e sua mãe se casou novamente. Mulan então acaba tirando a própria vida para se juntar a seu pai..

O Corcunda de Notre Dame

Se a animação da Disney é um tanto triste, a história de Victor Hugo é mais ainda. Nela, Quasímodo relutantemente se vê obrigado a entregar Esmeralda para as autoridades. Ela é condenada e ele assiste o enforcamento de sua amada. Quasímodo então vai ao local onde ela foi enterrada e fica lá, até acabar morrendo de fome. Ao desenterrarem o corpo, acabam encontrando dois esqueletos. Ao tentarem separá-los, eles acabam virando pó. De partir o coração, não?

Mogli: O Menino Lobo

A lenda da criança criada por lobos, na verdade, é uma história de amor e vingança. No livro original, de Rudyard Kipling, Mogli é sim, criado por lobos após seus pais serem mortos por um tigre. Um dia, guardas florestais o encontram e o levam para uma vila. Lá, ele é adotado por um casal que acabara de perder o filho, morto pelo mesmo tigre. Mogli então sai à busca do tal tigre e o mata cruelmente. Os guardas florestais então perseguem Mogli e prendem seus pais adotivos. Irado, ele pede a ajuda dos animais da selva. Juntos, eles matam todos os habitantes da vila, menos os pais adotivos de Mogli, e os três vivem felizes para sempre!

Hércules

De heróis que salva Mégara de Hades, a história original não tem lá muito não… Na verdade, o mito grego conta que Hércules obrigou Mégara a se casar com ele, de forma violenta. Hera, esposa de Zeus, acabou por enlouquecer Hércules, que acabou matando Mégara e o filho que os dois tiveram. Ao voltar a si, ele se dá conta do fez e, para lidar com seu arrependimento, ele realiza seus famosos 12 trabalhos, porém, com extrema crueldade e violência. Isso para sermos resumidos, porque toda a brutalidade e selvageria de Hércules não caberiam em um post só!

A Bela Adormecia

Na história de Giambattista Basile, não é um simples beijo que acorda a princesa adormecida! Na verdade, Aurora desperta durante o parto de seus filhos gêmeos. Ou seja, dá para imaginar o que o príncipe andou fazendo com a princesa adormecida, certo? Para piorar, após notar que Aurora está grávida, ele vai embora porque é casado. Quando seus filhos nascem, Aurora retorna ao palácio, mas a mulher do príncipe tenta matá-la. O rei impede o crime e permite que Aurora se case com o homem que a estuprou…

Rapunzel

Diante de tantas barbaridades que deram origem a lindos filmes da Disney, talvez Rapunzel seja o único com final feliz de verdade… Toda a história da princesa presa na torre também ocorre na versão original da história. A diferença é que, quando o príncipe escala a torre pela segunda vez para levar Rapunzel consigo, ele encontra na verdade com a bruxa. Ela o empurra do alto da torre, ele cai em um espinheiro e acaba ficando cego. O príncipe então começa a vagar pelos campos até, um belo dia, ele ouve novamente a voz de sua amada Rapunzel. Eles se encontram novamente, mas agora Rapunzel já é mãe de suas crianças. Suas lágrimas mágicas, capazes de curar qualquer enfermidade, restituem a visão do príncipe e eles vivem felizes.

Branca de Neve

Outra princesa que não foi “salva” por beijo de amor nenhum. Na verdade, mesmo achando que Branca de Neve estava morta, o príncipe resolveu levar o caixão com o corpo dela para si. Mas, no caminho, acontece um acidente e o caixão cai no chão. Na queda, o pedaço de maçã envenenada que estava na garganta de Branca de Neve acaba saindo e ela acorda. Ela se casa com o príncipe e convidam a rainha para o casamento. Porém, como punição, obrigam a bruxa a calçar sapatos de ferro quente e dançar até morrer…

A Bela e a Fera

Se na versão da Disney Bela ficou morando no palácio até o fim da vida, na versão original ela pediu à Fera que a deixasse visitar sua família por uma semana. Porém, ela tinha irmãs extremamente invejosas que, ao verem Bela chegar em um vestido bonito e coberta de joias, resolveram armar contra ela. Elas prenderam a irmã em casa para que a Fera ficasse com raiva do fato dela demorar mais tempo para voltar que o combinado. A ideia era que, tomada pela raiva, a Fera devorasse Bela por causa do atraso.
Então, alguém mais chocado com tanta violência? Que foi essa vingança dos sapatos quentes que a Branca de Neve bolou, hein?

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *