Dica do dia – Caviar Gold Mask, da Dermage!
2 de maio de 2018
Voluntários realizam festa de 15 anos de meninas com câncer em Fortaleza
2 de maio de 2018

11 novas técnicas dermatológicas para tratar a celulite, a acne e muito mais!

Nos dois últimos congressos de dermatologia mundiais, o Imcas, em Paris, e o Meeting Anual da Academia Americana, em San Diego (EUA), foram apresentados várias técnicas para o tratamento de celulite, flacidez, acne, espinhas, entre outros.

Claro que o Pátio Hype não poderia deixar de compartilhar com você as novidades do mundo da beleza. Então, logo abaixo segue 11 novos tratamentos que vieram para auxiliar ainda mais os seus cuidados com a pele. Desce mais um pouco e saiba tudo!

1.Trusculpt 3D

Alguém disse gordura nos culotes, abdômen e flancos? A radiofrequência emite ondas de calor que tratam essas gordurinhas aquecendo intensamente cada área. A temperatura do aparelho chega a 45° C por 15 minutos, duas ou três sessões, com intervalo mensal são indicados para obter resultados.

2.Tixel

Essa técnica produz colágeno para preencher estrias, assim como trabalha a flacidez no rosto e no pescoço. A temperatura aumenta até 400°C, apesar de parecer doer bastante, a anestesia diminui a dor. Dentre os benefícios também está a ausência de manchas e também funciona para pacientes morenas. O recomendado é que você faça de três a cinco sessões no mês e depois de três dias a vermelhidão some.

3.Cellfina

A técnica ainda não está disponível no Brasil, mas a promessa é que ela quebre fibroses que esticam a pele para eliminar a celulite do seu corpo. Sabe o melhor? O tratamento é duradouro.

4.Ellansé

Esse é um dos novos preenchedores com colágeno biorreabsorvível, ou seja, ele é incorporado ao corpo depois de um certo tempo. É a base de policaprolactona e estimula o volume na produção do colégeno. Dentre os seus resultado está o combate a flacidez e o aumento da sustentação das têmporas, das maçãs do rosto, mandíbulas e queixo, por exemplo. O indicado são no mínimo duas sessões, com uma pausa de 30 dias. Ahh! A novidade que está para chegar no Brasil é que ele também vai tratar as celulites e a flacidez do bumbum, da região interna das coxas, dos braços e o  escape de xixi também, hein?!

5.Cadeira fortalecedora do assoalho pélvico

BTL Emsella é a cadeira que lança pulsos eletromagnéticos e fortalece os músculos do períneo, sendo eficaz para a incontinência urinária leve e moderada. Se você durante o treino sofre com o escape do xixi, saiba que 80% das americanas com mais de 40 anos sofrem com esse probleminha. Para esse tratamento é necessário um pouco mais de disciplina já que o recomendado são seis sessões de treino muscular de 30 minutos, duas vezes na semana.

6.Laser de CO2 para rejuvenescimento vaginal

O laser de CO2 trata a atrofia da região e a incontinência urinária leve, por exemplo, quando você faz xixi quando tosse ou espirra. A partir de feixes de luz são absorvidos moléculas de água da mucosa e produz colágeno de maneira natural, renovando a elasticidade. O indicado são duas a três sessões.

7.Microbotox

O microbotox suaviza rugas superficiais na região olhos e zona T, reduz a oleosidade do rosto e fecha os poros. É a partir da toxina botulínica em versão diluída e sendo aplicada com um aparelho como se fosse um carimbo, bem parecido com o microagulhamento. A aplicação é única e o resultado pode ser visto em dois dias. Você pode repetir a técnica em três meses.

8.Cannabis na pele

A acne e psoríase são o foco desse tratamento. A técnica é realizada por meio do uso medicinal da maconha, substância legalizada em mais da metade dos Estados Unidos. Como ela age? Bom, as suas propriedades são anti-inflamatórias e por isso é uma técnica perfeita para a acne, por exemplo.

9.Dupla apaga-manchas

Para combater o melasma a nova técnica é tomar um comprimidinho de ácido tranexâmico manipuladas, duas vezes ao dia, por três meses, e usar filtro solar físico com cor. O tratamento reduz o excesso de produção de melanina, evitando que as manchas escureçam ainda mais.

10.Laser seletivo

Apesar de já ter passado a fase da adolescência, muitas pessoas sofrem com espinhas. Por isso o laser seletivo atua na glândula sebácea, tratando diretamente na origem do problema. Ou seja, a fonte da produção do sebo exagerado.

11.Espuma de antibiótico

Oi? Como assim? Isso mesmo, a espuma contém antibiótico minociclina e reduz as bactérias. A aplicação é recomendada ser feita em casa, uma ou duas vezes ao dia e com acompanhamento de um dermatologista mensalmente. A espuma de antibiótico trabalha nas lesões, nas duas fases, na vermelhidão e no pus.

Qual é o tratamento que você mais está torcendo para chegar nas terras brasileiras? Comente logo abaixo!

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *