Abertas as inscrições para o “Me Poupe!”, reality da band para endividados
19 de agosto de 2019
7 maneiras de trabalhar em casa e ter bons lucros!
19 de agosto de 2019

3 youtubers indígenas que você precisa conhecer

Em tempos em que precisamos nos unir para defender a Floresta Amazônica, você ainda acha que indígena não faz nada além de ficar na rede, caçar e dançar em torno de uma figueira? Está mais do que na hora de rever seu preconceito! Há muitas tribos que conseguem aliar muito bem suas tradições ancestrais com inovações tecnológicas. E a prova disso são esses youtubers indígenas que produzem um conteúdo incrível e que todos deveriam conhecer.

Prontos para descobrir que, vergonhosamente, não sabemos praticamente nada sobre os povos originários do Brasil e, de quebra, seguir um pessoal com conteúdo incrível? Confere só:

Cristian Wariu Tseremey’wa

Em seu canal, o jovem xavante desmistifica vários pré-conceitos que muitas pessoas têm em relação aos indígenas. A começar pelo próprio termo “índios” que é inapropriado. Isso porque ele vem do fato de os colonizadores terem achado que haviam chegado nas Índias ao desembarcarem por aqui. Mais do que mostrar “curiosidades”, em seus vídeos, Wariu dá verdadeiras aulas sobre um povo que costumamos ignorar e que tem tanto a nos ensinar.

 

Angelica Anacé

Índia, mulher, cearense e empoderada! Dona do canal Índia Atualizada, Angélica é da tribo Anacé e mostra em seus vídeos o dia a dia da sua tribo. Diretamente do Pecém, no Ceará, ela fala com orgulho da sua rotina, da resistência do seu povo e muito mais!

 

Denilson Baniwa

Diretamente da comunidade Baniwa para a cidade grande, Denilson é publicitário, artista plástico, ilustrador, comunicador e ativista. O jovem mostra em seu canal que os índios do Brasil não vivem como muitos imaginam: em áreas isoladas de tudo, como na época do “descobrimento”. Ao transitar entre a tribo e a cidade grande, ele sentiu a necessidade de mostrar que ser índio é muito mais do que as pessoas imaginam, e assim nasceu seu canal no Youtube.

 

Infelizmente, o que vemos nos comentários de muitos desses indígenas youtubers é o preconceito e o discurso de ódio. Há pessoas dizendo que eles deveriam “voltar para o mato” e “que ninguém quer ver um índio no Youtube”. Pois bem, nós queremos! E mais gente deveria querer também! E aprender com esse povo tão rico em sabedoria e experiências! Afinal, dividir, ensinar também é aprender, não acham?

Fotos e vídeos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *