Já ouviu falar em hotel de divórcio? Pois ele existe sim!
10 de agosto de 2018
Decoração – 6 dicas para quem tem PET em casa!
10 de agosto de 2018

Os documentários envolve um tipo de visão e vínculo único entre a arte, a sociedade e sua história. Com esses filmes têm-se a capacidade de dar atenção ao que por muitas vezes é despercebido na dimensão popular. Assim, foi inspirando-se nesse tema que fizemos uma seleção de cinco produções nacionais para você assistir. Prepare a pipoca e venha conferir as sugestões para os amantes da sétima arte!

Mamonas para Sempre

O filme narra a história da banda que em menos de dez meses saiu do anonimato para ser um dos maiores fenômenos da música brasileira. Repleto de material inédito guardado até hoje pela famílias, resgata a trajetória do grupo, os desafios vencidos e o crescimento dos músicos irreverentes, inteligentes e sarcásticos, que nos deixaram em um acidente trágico.

[youtube width=”850″ height=”550″]https://www.youtube.com/watch?v=Xt1kmiwKzjo[/youtube]

O Sal da Terra

Dirigido por Wim Wenders e o brasileiro Juliano Ribeiro Salgado, o longa mostra as viagens do aclamado, e considerado um dos melhores fotógrafos da atualidade,  Sebastião Salgado. O Sal da Terra foi indicado ao Oscar de melhor documentário, recebeu o Prêmio do Júri na seção Un Certain Regard do Festival de Cannes 2014 e também o César, como melhor documentário. Uma boa pedida para que gosta de fotografia!

[youtube width=”850″ height=”550″]https://www.youtube.com/watch?v=pG3YLpZKomE[/youtube]

Entre a luz e a sombra

Ao longo de sete anos, a partir de 2000, são acompanhados os passos da dupla de rappers 509-E, formada por Dexter e Afro-X dentro do Carandiru; da um atriz Sophie Bisilliat, que dedica sua vida para humanizar o sistema carcerário; e um juiz que acredita em um meio de ressocialização mais digno para os encarcerados. Recebeu vários prêmios, entre ele o da 4ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul.

[youtube width=”850″ height=”550″]https://www.youtube.com/watch?v=htGE71XCE9c[/youtube]

Lixo extraordinário

Lançado em 2010, relata o trabalho do artista plástico brasileiro Vik Muniz, em um dos maiores aterros controlados do mundo, localizado no Jardim Gramacho, bairro periférico de Duque de Caxias. Ao longo da produção das obras com o lixo, entre 2007 e 2009, transformações se produzem na vida e nas visões de mundo dos sete catadores participantes do projeto.

[youtube width=”850″ height=”550″]https://www.youtube.com/watch?v=_pyR9qCd2F8[/youtube]

Cabra Marcado Pra Morrer

Nossa lista termina com uma referência para quem gosta da arte de documentar. “Cabra marcado para morrer”, de Eduardo Coutinho,  aborda a vida de um líder camponês, João Pedro Teixeira, que foi assassinado por ordem de latifundiários poderosos no Nordeste. E, entre os diversos fatos que fazem desse filme interessante, está que suas gravações foram iniciadas em meados dos anos 60, mas foi interrompidas em 64 pelo golpe militar, onde parte de sua equipe foi presa e acusada de comunismo.

[youtube width=”850″ height=”550″]https://www.youtube.com/watch?v=VW-q2ZYDE9k[/youtube]

E aí, curtiu as nossas dicas? Nos conte qual desses documentários você não vai deixar de assistir e, se também tiver outras sugestões, não deixe de registrar aqui nos comentários! Iremos adorar o seu feedback! 😀

Vídeos: Reprodução/YouTube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *