5 lições da Copa do Mundo para investir no seu negócio!
3 de julho de 2018
Alunos da Rede Cuca se apresentam no Festival Música da Ibiapaba
3 de julho de 2018

Não é de hoje que vemos o cinema se inspirar em histórias reais. Vários são os filmes baseados em fatos dos mais diversos tipos, que rendem longas de comédia, romances, policiais, suspenses e até mesmo de terror. Até já fizemos várias listas com alguns filmes de terror baseados em coisas que aconteceram de verdade.

E assim também temos histórias reais de superação que foram parar nas telonas. São filmes que mostram como pessoas reais enfrentaram seus desafios e se tornaram tão inspiradoras a ponto de terem suas vidas retratadas em um longa-metragem. Então, para inspirar essa semana, confira cinco filmes que trazem histórias reais de superação:


Intocáveis

A história da amizade entre um deficiente físico rico e seu auxiliar estrangeiro, pobre e com passagem pela polícia, virou livro e filme. O longa francês conquistou o público e a crítica em todo o mundo e está ganhando uma versão hollywoodiana.


O Regresso

Hugh Glass, interpretado por Leonardo DiCaprio, foi realmente traído e abandonado pelo amigo para morrer no meio da floresta. Porém, menos de dez anos após o ataque do urso, Glass voltou a explorar florestas e, em uma de suas expedições, acabou sendo brutalmente assassinado por uma tribo de nativos americanos, em 1833.


O Jogo da Imitação

Benedict Cumberbatch vive Alan Turing. Ele foi um matemático que conseguiu desenvolver uma forma de decifrar códigos criptografados enviados pelo exército alemão. Com isso, ele salvou várias vidas e conseguiu “encurtar”, por assim dizer, a 2ª Guerra Mundial. Porém, por sua orientação sexual (ser homossexual era crime na Inglaterra até 1967), Turing foi preso e sofreu castração química. Ele morreu em 1954, aos 41 anos, por envenenamento com cianeto. Investigações indicam que ele cometeu suicídio.

 


Na Natureza Selvagem

O longa conta a história de Chris McCandless, um jovem rico que estava cansado da vida vazia, consumista e de aparências que as pessoas a seu redor levavam. Ele doou todo o dinheiro que tinha para uma ONG, largou seu carro, família e partiu para o Alaska apenas com pouca comida na mochila, alguns livros e muita disposição para enfrentar adversidades. Foram mais de 100 dias, até que ele chegou a seu destino. Chris ficou um tempo no Alaska, porém, quando decidiu regressar, acabou ficando preso na região devido a uma enchente. Com fome, ele acabou comendo uma planta venenosa por engano, vindo a falecer.

 


O Escafandro e a Borboleta

Um filme sensível que mostra a história real de Jean-Dominique Bauby, editor da famosa revista Elle. Aos 43 anos, ele sofre um AVC e fica completamente paralisado. Ele consegue mexer apenas uma das pálpebras e, é através disso, que ele se comunica com o mundo a sua volta. E foi apenas piscando que Bauby chegou a escrever um livro.

Mesmo sendo filmes, histórias reais de superação nem sempre têm finais felizes, mas sempre nos inspiram, não é mesmo?

Fotos e vídeos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *