Whindersson Nunes lacra ao responder fã maldoso em suas redes sociais
27 de abril de 2017
Clipe do dia – “It Ain’t Me”com Kygo + Selena Gomez!
27 de abril de 2017

5 filmes sobre a realidade de ser doméstica

Hoje, 27 de abril, é o Dia da Empregada Doméstica (ou, para alguns, Secretária do Lar). Você sabia disso? Hoje é o dia daquela que é o braço direito de muita gente – embora nem todo mundo dê o devido valor e reconhecimento que ela merece ter. Para quem não sabe, a data é comemorada hoje por ser o mesmo dia de Santa Zita, considerada a padroeira das empregadas domésticas.

E como a gente reconhece – e muito! – que sem essa profissional a gente ia passar o maior aperto, decidimos lembrar ad ata com uma lista de cinco filmes que retratam bem a vida dessas mulheres fortes e que são tão importantes na vida de muitas famílias:


Domésticas – o filme
O longa retrata – da forma mais bem humorada possível – a vida de um grupo de domésticas que trabalham no mesmo prédio. Misturando depoimentos com sequências cinematográficas, ele é uma espécie de “falso documentário”, mas que na verdade mostra muito bem as dificuldades do dia a dia de cada personagem. Em comum, todas tem uma coisa: nenhuma delas queria ser doméstica, mas a vida as levou para esse caminho.


Espanglês
Por trás de toda o humor de Adam Sandler – que está até contido neste filme – temos uma história sobre relações familiares. Uma mulher mexicana que vai trabalhar como doméstica em uma casa de uma típica família americana. Enquanto ela tenta evitar que a família para a qual ela trabalha desmorone, ela acaba tendo a própria relação com a filha minada pelas vontades da patroa.


Que Horas Ela volta
O filme com Regina Casé foi muito bem recebido em todo o Brasil e no exterior, e levantou várias discussões sobre a relação entre patroas e domésticas. Nele, as relações e conflitos entre a empregada e uma típica família de classe média brasileira mostram uma série de questionamentos sobre desigualdade social e preconceito.


Histórias Cruzadas
Uma tocante história sobre preconceito e racismo durante o período da segregação racial nos Estados Unidos. Uma série de empregadas domésticas decidem contar as histórias de abusos sofridos por parte de suas patroas brancas após uma jovem jornalista dar espaço para que elas se pronunciem – mesmo com medo de sofrerem repressão. Um filme extremamente tocante e sensível.


Doméstica
Outra produção nacional, mas com uma proposta bem diferente do primeiro filme da nossa lista. Isso porque dessa vez, sete adolescentes tiveram a missão de gravar as empregadas domésticas de suas casas por uma semana. Com o material bruto, o diretor pernambucano Gabriel Mascaro (De Boi Neon) fez um longa que retrata da forma mais fiel e crua a real relação entre patrões e empregadas que ocorre dentro das casas brasileiras.

Bom gente, a todas as domésticas do Brasil, a gente parabeniza. E aos patrões, a gente pede que respeitem e valorizem essa profissional.

Fotos e vídeos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *