5 dicas para desenvolver hábitos saudáveis!
20 de setembro de 2018
Oficina de Fotografia para Celular no MFF
20 de setembro de 2018

7 posições para começar a experimentar a prática BDSM

Bondage e Disciplina; Dominação e Submissão; Sadismo e Madoquismo (BDSM) é uma prática que vai além dos tapas, puxões de cabelos e algemas, por exemplo. Envolve fetiches, fantasias, mordaças e chicotes. Apesar de o termo ser associado a tortura, dor e desconforto na cama, você pode estar experimentando muitas de suas modalidades sem saber.

O BDSM também envolve respeito e proteção, sem falar na palavra de segurança, essencial para que o casal saiba o limite de cada um. Portanto, antes de começar, escolha a palavra de segurança e em seguida, desliza um pouco mais e confere as dicas de sexo da equipe do Hype para você.

1.Beijo do súdito e oral clássico

Para a posição beijo do súdito, peça para o seu companheiro deitar-se de barriga para cima, em seguida, posicione-se por cima de sua cabeça, de joelhos, para que ele possa realizar o oral. Para aderir as práticas BDSM, algeme-o com uma gargantilha ou apenas segure com as mãos o pescoço dele levemente, como se fosse enforcá-lo.

O oral clássico é com você. Com o seu par em pé, ajoelhe-se na frente dele e faça o oral. Peça para o seu companheiro algemar as suas mãos por trás das costas, algumas algemas já acompanham gargantilha. Outra opção é o uso de prendedores de mamilo ou a “gag”, ou seja, o seu parceiro insere o pênis com mais força na sua boca para dar um efeito de engasgamento.

2.Mocinha e bandido

Deite-se e peça para ele subir em de você. Enquanto ele permanece de joelhos, use as pernas para enroscar-se no quadril do seu parceiro. Eleve o quadril para ajudar na penetração. Durante o ato é importante que ele prenda os seus braços na cama, para limitar seu movimento, assim como ele pode usar o peso de seu corpo para impedir que você se mova, complementando com palavras quentes.

3.Dominadora

Deite o seu parceiro e sente-se no colo dele, permitindo a penetração. Mantenha os joelhos dobrados e os pés na cama, ao lado do corpo dele. Prenda-o na cabeceira da cama e coloque uma venda, use mordaças, prendedores de mamilo e coleiras também.

4.Esposa de Indra e comando de joelhos

Deite-se de barriga para cima na frente do seu parceiro, que deve ficar de joelhos. Na esposa de Indra, ele deve subir o seu quadril para penetrá-la, enquanto permanece com o corpo ereto. Apoie os pés no peito dele. Na comando de joelhos, peça para o seu companheiro inclinar o corpo para frente, elevando o seu quadril e segurando os pés unidos.

5.Domando o garanhão

Com o seu par deitado de barriga para cima, posicione-se por cima dele, como se fosse sentar no colo, mas incline o corpo para frente para segurar o seu rosto. Para reforçar sua posição de dominadora, use algemas, coleiras e mordaças, impedindo que ele se movimente e fazendo ele ser o submisso do momento. Se você quiser aprimorar ainda mais a prática, opte por chicotes e palmatórias.

6.Dominação de quatro

Posicione-se de quatro, enquanto ele fica de joelhos atrás de você ou de pé na beira da cama para penetrá-la. Tapas no bumbum e puxões de cabelo mais fortes, diga para o seu companheiro arranhar as suas costas, aproveite e já experimente o chicote para bater com pouca ou muita força no bumbum. Outro acessório para essa posição são os pregadores de mamilo, para que você sinta dor em regiões diferentes.

7.Aos pés da rainha

O seu parceiro deve deitar-se de barriga para cima com os joelhos flexionados sobre a cama. Sente-se em cima dele, virada para ele, se encaixando em seu quadril para ocorrer a penetração. Dobre os joelhos e apoie os pés no peito dele. Dê uns tapinhas e arranhe o seu parceiro, assim como pode usar os pés para enforcá-lo com cuidado, lembrando sempre da palavra de segurança. Palmatória também pode complementar essa posição.

Já tentou experimentar a prática BDSM? Já é adepta? Conta para a equipe do Hype o que você acha mais interessante no sadomasoquismo, é só comentar logo abaixo.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *