COMO ESQUECER UM AMOR – 4 dicas comprovadas pela ciência!
26 de outubro de 2017
Tutorial de descarte de lixo feito por garis faz sucesso na web
26 de outubro de 2017

Para homenagear Fortaleza pelo aniversário de 291 anos com o apoio de obras artísticas, a Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes realiza a finalização do projeto “A Fortaleza Feminina – uma ontologia audiovisual”, nesta sexta-feira (27/10), às 18h30. Os curtas a serem exibidos na finalização do projeto serão “Caixa de Costura”, com direção de Taís Brasil; “A Bancada Feminina”, com direção de Maria Larissa Falcão e “Arly – Eu sou Imensidão”, de Taciana Moura Morais. Confira a sinopse dos filmes:

“Caixa de Costura”/ Diretora: Taís Brasil/ Sinopse: Grosseria do sujeito que recebe os pedidos de emprego, que, aliás, grita com prazer ao seu subordinado. Passa os olhos por nós, como por cavalos e diz: “Aquela não é forte”. Diz isso de uma garota de 20 anos que largou o serviço há três anos porque estava grávida…
“A Bancada Feminina”/ Diretora: Maria Larissa Falcão/ Sinopse: Cynara é a única a mulher a compor a bateria da G.R.E.S Leões da TUF, a Torcida Uniformizada do Fortaleza Esporte Clube. Através da sua narrativa repleta de dedicação ao clube e à torcida organizada, ela conta como faz da sua vida uma história de paixão pela arquibancada de futebol, um lugar de símbolos e emoções que revela diferentes formas de relação e representatividade da mulher no espaço público.
“Arly – Eu sou Imensidão”/ Diretora: Taciana Moura Morais/ Sinopse: Arly está presa, por sua livre e espontânea vontade. Ela poderia sair no seu carro, pegar a CE 040 e deixar para trás a barraca, legado da família e sua rotina intensa como dona de casa. Mas ela prefere viver seu mundo de sonho e fantasia onde está agora e um dia brilhar como uma grande diva e ser feliz com seu grande amor bem longe de tudo.

Os projetos de curta-metragem contemplados, cuja temática gira em torno da resistência das mulheres negras, brancas, indígenas, lésbicas, cis e trans, tiveram a consultoria da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes e o suporte técnico do Núcleo de Produção Digital nas etapas de pré-produção, produção e pós-produção.

Serviço:
A Fortaleza Feminina – uma ontologia audiovisual
Data: Sexta-feira (27/10)
Horário: 18h30
Local: Vila das Artes, Rua 24 de Maio, 1221 – Centro, Fortaleza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *