Kiwi – Saiba os benefícios da fruta e aprenda três receitas saudáveis!
19 de novembro de 2018
Prefeitura realiza credenciamento de artistas para apresentações
20 de novembro de 2018

Alerta Vermelho – 7 sintomas do estresse para ficar atento!

Problemas financeiros, sociais, privação de sono, de repouso, assim como prazos curtos para a realização de atividades, o alto consumo de cafeína e medicamentos são algumas das principais razões que podem causar o estresse.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) 90% das pessoas adquirem o estresse no local de trabalho e para prevenir esses problemas, a melhor maneira é manter-se atento aos sinais do estresse. Portanto, desliza um pouco mais e confere.

1.Cansaço constante

Após um final de semana relaxante, o seu corpo continua com a sensação de fadiga? Bom, esse é um dos principais sinais de que você não descansou o suficiente. O estresse faz com que você permaneça sempre em sinal de alerta, fazendo com que você não aproveite totalmente os momentos de lazer.

Segundo o neurologista e coordenador do Núcleo de Neurologia do Hospital Samaritano de São Paulo, Renato Anghinah, o cansaço também pode ser causado por distúrbios de sono, depressão, hipertireoidismo, anemia, ausência de vitaminas no organismo, doenças cardiovasculares e pulmonares e infecções.

2.Irritabilidade

A irritabilidade pode ser identificada, por exemplo, ao perceber que algumas situações antes não causavam aborrecimento, porém, de uns tempos para cá, você perde a paciência com facilidade. A sensação de irritação e mau humor frequentes representam sinais de esgotamento. Entretanto, ao longo da rotina é comum surgir situações em que você possa se irritar, por isso, é preciso estar atento e observar se a irritabilidade é constante.

3.Ganho de peso

Usar a comida é para aliviar o estresse é um ato inconsciente de quem está passando por momentos de frustrações. Assim como a redução da prática de atividades físicas, o que faz com que os níveis de cortisol aumente. Dessa forma, o corpo economiza energia, resultando no acúmulo de gordura e ganho de peso.

4.Sentimentos de solidão e abandono

Ao começar a reagir de forma agressiva por causa do estresse, as situações podem acabar fugindo do controle. As consequências dessas ações podem fazer com que as pessoas próximas a você se afastem ou por opção própria, você se distancie para que não incomode os outros. A partir disso, o sentimento de solidão pode se tornar mais frequente.

5.Dores musculares

As dores musculares são consequências da tensão no organismo, o que faz com que os seus ombros permaneçam erguidos e dessa forma, surgindo as dores na coluna, no pescoço e até mesmo a enxaqueca. O corpo em estado de alerta faz com que os músculos não relaxem, causando as torções ou a fadiga.

De acordo com fisioterapeuta do Centro de Traumatologia do Esporte da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), Maurício Garcia, as dores podem ser agudas ou crônicas. As agudas surgem após um esforço físico intenso e continua por um certo período, enquanto as crônicas são persistentes.

6.Sintomas físicos

Falta de libido e de energia para praticar atividades físicas, trabalhar e estudar, assim como realizar tarefas do cotidiano. Outros sintomas é a tontura, náuseas, taquicardia e dor no peito. Também podem ser apresentados comportamentos que antes não apareciam, por exemplo, beber demais ou roer as unhas.

7.Falta de concentração

Para saber se a falta de concentração é estresse ou sobrecarga não existe uma resposta certa, mas a recomendação é observar a falta de concentração sempre vem acompanhada com outros sintomas. Mantenha-se sempre consciente sobre o seu corpo, avalie os sinais e leia o próprio corpo.

Por fim, ao detectar os sinais do estresse, busque a ajuda de um especialista para que ele possa indicar o tratamento adequado, como terapia, prática de hobby ou de meditação.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *