Alimentos que as mulheres não devem comer durante a menstruação
31 de agosto de 2016
Feira do Empreendedor 2016 foi um grande sucesso
1 de setembro de 2016

Apesar da data comemorativa, nutricionistas têm pouco a comemorar

Hoje comemora-se o Dia do Nutricionista, profissional que tem por missão promover a saúde alimentar. A data visa homenagear o profissional responsável por planejar programas de alimentação para as pessoas, além de preparar dietas específicas para ajudar a melhorar a qualidade de vida e saúde dos seus pacientes.

No entanto, apesar da data comemorativa, os nutricionistas ainda têm muito pouco a comemorar. Primeiro, porque o profissional é pouco reconhecido, apesar de sua importância para a vida saudável das pessoas. Segundo, porque a grande maioria das pessoas não encara a nutrição como ciência e acredita que para ter saúde basta comer bem, preferindo uma receita “caseira”que é comum a todos.

Apesar da nutrição ter ganhado destaque nos últimos anos e revelando grandes descobertas sobre a importância dos alimentos, muita gente ainda desconhece o nutricionista ou o que ele faz. Em alguns casos, há preconceitos em relação a esse profissional.

Segundo a nutricionista Patrícia Cruz, atualmente o papel dos nutricionistas tem sido mais amplo. “Podemos atuar nas atitudes alimentares, realizando a nutrição comportamental. Ampliamos nosso campo de visão, saímos do pensamento calorias, nutrientes somente, para pensar porque o paciente come, quais rituais segue, quais estímulos o leva a comer, entre outros focos”, destaca Patrícia.

O que muitas pessoas não entenderam, afirma ela, é que “nutrição não é somente a redução de peso, nutrição na verdade estuda o impacto dos nutrientes na fisiologia do organismo”.

nutricionistas  2

Porque um nutricionista?

Quem deseja iniciar um novo padrão alimentar ou organizar ou ajustar suas preferências alimentares de acordo com o seu estilo de vida, não pode deixar de consultar um nutricionista. Além disso, quando há um quadro clínico específico, no qual os hábitos alimentares influenciam, é necessário recorrer ao profissional para manter um estilo de vida mais saudável e, desta forma, conseguir um impacto positivo na melhora ou cura de uma doença, por exemplo.

Qual o tempo ideal de acompanhado do profissional?

Para Patrícia, o tempo de acompanhamento depende de cada paciente e do objetivo. “Em meu consultório, tenho pacientes de todos os tipos, que vejo semanalmente, quinzenalmente, mensalmente. Depois dos objetivos alcançados, seja controle de dislipidemia, gestação ou redução de peso, posso vê-los a cada três meses, duas vezes por ano ou somente uma vez por ano”, explica.

Segundo a nutricionista, todo plano alimentar saudável começa no supermercado. Comer de forma saudável inclui uma séria de variáveis como: escolha alimentar, prazer, aquisição, preparo do alimento, local de refeição e até mesmo com quem se faz as refeições, entre outros.

nutricionistas  3

“Não existe alimento ‘lixo e nem porcaria’. Existe alimento consumido em quantidade e frequência inadequada. Não divida alimentos em ‘bons’e ‘ruins’ . Essa não é uma visão saudável para o seu relacionamento com o alimento”, ensina Patrícia.

Para finalizar a nutricionista afirma que “se somos o que comemos, então devemos cuidar muito bem de nossa alimentação para sermos pessoas melhores”. E nesse processo de reeducação alimentar, os nutricionistas são os profissionais capacitados para nos ajudar a identificar isso.

Fotos: Reprodução. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *