Escolas públicas cearenses recebem oficina de Cinema de Animação
11 de outubro de 2018
Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco lança edital para Laboratórios de Criação
11 de outubro de 2018
A Assembleia Legislativa do Ceará aderiu à campanha Outubro Rosa e mudou a iluminação noturna do Palácio Deputado Adauto Bezerra! Desde o início deste mês, o prédio reflete as cores da campanha. A ideia, conforme Raquel Rabelo, do Setor de Obras e Manutenção da AL, é alertar sobre a saúde da mulher e lembrá-las de estar em dia com o próprio corpo. “A adesão da AL à campanha representa um maior engajamento do Poder Legislativo no que tange à sensibilização da sociedade para uma constante prevenção em relação ao câncer de mama”, pontua.

A iluminação deve ser mantida até o final da campanha, que dura todo o mês. A Casa se alia, dessa forma, às ações de outras instituições públicas no Ceará e no Brasil, que também adotaram a iluminação rosa em suas fachadas.

As parlamentares enaltecem a importância da campanha. A deputada Fernanda Pessoa (PSDB) elogia a participação da AL no Outubro Rosa e lembra a importância do autoexame no reconhecimento do câncer de mama.“A mulher deve estar sempre atenta à saúde. A escolha de outubro como mês de campanha foi para se ter uma referência; para que atividades, palestras, discussões sobre o assunto sejam promovidas, no sentido de orientar e conscientizar as mulheres”, acrescenta.

Para a deputada Dra. Silvana (PR), a campanha Outubro Rosa é a que mais demonstra resultados reais por meio de estatísticas. “Falta, entretanto, mais efetividade”, observa. Conforme Dra.Silvana, é preciso criar o “Mutirão Outubro Rosa”, com ações e profissionais engajados e destinados especificamente para essa atividade. De acordo com a parlamentar, não adianta fazer mamografia em outubro e ter que enfrentar uma fila enorme para realizar a biópsia. “Ao final da fila, a metástase já está formada e não adiantou nada todo o esforço de prevenção”, acentua.

De acordo com a deputada, é preciso elaborar um sistema onde as mulheres façam a mamografia, e partam para a biópsia, quando necessário, e para a cirurgia de forma imediata.

A deputada Rachel Marques (PT) também frisa a necessidade de um tratamento em tempo hábil. “Muito importante a participação da AL nessa campanha, mas temos que tornar os resultados mais palpáveis, de forma a trazer melhoria efetiva para a vida das mulheres com câncer de mama, uma das doenças que mais mata mulheres no País”, afirma.

Lançado em 1997, na Califórnia, Estados Unidos, o movimento mundial Outubro Rosa tem como objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Por isso, em outubro, são realizadas várias ações de sensibilização.

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 28% dos casos novos a cada ano. É o segundo tipo mais frequente no mundo. De acordo com estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), em 2018, o Brasil deverá registrar 59.700 novos casos. No Ceará, serão 2.200, sendo 1.410 somente em Fortaleza.

Que o mês Outubro Rosa e todas as ações realizadas nele sirvam para conscientizar nossa população cada vez mais sobre os benefícios da prevenção ao Câncer de mama! A saúde agradece!

 

Fotos: Reprodução

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *