Mulher abandona filha adotada dizendo que ela é uma anã assassina
7 de outubro de 2019
5 exercícios para o tratamento do Câncer de Mama de acordo com fisioterapeuta
7 de outubro de 2019

Assim como na ficção, a suposta história real do voo que pousou anos depois

Hoje à noite a Rede Globo vai exibir um especial para chamar atenção para sua mais nova série exibida pelo Globoplay. Estamos falando de Manifest – O Mistério do Voo 828. O filme e a série contam a história de um grupo de passageiros que pega um avião em um dia qualquer. No caminho, eles pegam uma forte turbulência, mas para alívio de todos, o avião não cai. Porém, ao desembarcarem, os passageiros descobrem que cinco anos se passaram desde a data de embarque e que todos tinham sido dados como mortos. Parece impossível, certo? Mas e se a gente disser que há quem acredite que isso foi baseado em uma história real?

Estamos falando do voo Santiago 513, da Santiago Airlines, que partiu no dia 4 de novembro de 1954 da antiga Alemanha Oriental. O destino? O Aeroporto de Porto Alegre, no Brasil. Porém, no meio da travessia do Oceano Atlântico, a torre de comando teria perdido totalmente o contato com a aeronave. Apesar das buscas, nada foi encontrado e todos a bordo foram dados como mortos.

Seria só mais um acidente aéreo se, 35 anos depois, em 12 de outubro de 1989, um avião não pousasse misteriosamente em Porto Alegre. A aeronave não fez nenhum contato com a torre de comando e pousou na pista – o que deixou todos muito apreensivos, visto que essa é uma atitude extremamente irresponsável a ser tomada por qualquer piloto. Porém, ninguém desceu da aeronave. Técnicos foram verificar o que se passava e tudo o que encontraram foram corpos esqueléticos sentados nas poltronas. E o motivo de ninguém ter contactado a torre foi que no lugar do piloto e do copiloto também foram encontrados dois esqueletos. A notícia saiu em um tabloide da época chamado World Weekly News.

Mas gente, será que isso aconteceu mesmo????

Bom, em tempos de fake news, basta “perder” um pouco de tempo para ver que a coisa não é bem assim. Por exemplo, não existe nenhum registro de uma companhia aérea chamada Santiago Airlines. Outro ponto é que o tal tabloide que noticiou o caso é conhecido por suas notícias de mentirinha. Inclusive, ele existe ainda hoje – mas apenas em versão digital. Para vocês terem uma ideia, a capa da edição que noticiou o caso ainda trazia manchetes como a de uma mulher de mais de 90 anos que não envelhecia e ainda, que era possível prever se você teria um ataque cardíaco pelo formato da sua orelha. Isso sem contar que todas as fontes que o jornal indica na matéria não possuem nenhuma referência ao caso.

E por que não há registro de nada disso?

A pergunta de um milhão de dólares! Mesmo com vários fatores apontando para tudo ser uma grande fake news, ainda há que acredite que o caso de fato aconteceu e que se trata de uma história real. Segundo quem acredita, na verdade o caso foi abafado pelos cientistas. Isso porque ele seria a prova de que viagens no tempo existem. E mais: de que haveria um portal para viajar no tempo-espaço localizado acima do oceano Atlântico.

E você aí achando que fake news era coisa recente, hein? Mas agora deu ainda mais vontade de ver o filme e a série!!!

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *