maratonar novelas
Maratonar novelas é a nova mania entre brasileiros. Confira opções no streaming
11 de janeiro de 2021
O retorno do Estoril: ícone boêmio da Praia de Iracema
11 de janeiro de 2021
app de alfabetização

Um dos maiores desafios para muita gente no Brasil ainda é ler e escrever. O número de pessoas que sabem ler ou escrever apenas o próprio nome ou, quando muito, algumas frases bem curtas, os chamados analfabetos funcionais, é grande em nosso país. Então, pensando nisso, um grupo de estudantes da Universidade de São Paulo (USP) pesquisou e desenvolveu um app de alfabetização voltado justamente para este público. E, recentemente, o projeto foi reconhecido e premiado em uma Universidade dos Estados Unidos.

Idealizadoras do app de alfabetização ABC e seu mascote, Beto

Luísa Moura, Ana Laura Chioca Vieira, Marina Machado e Luiza Machado são alunas do curso de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos. E foram elas as responsáveis por criar o app de alfabetização ABC. “Quem aprendeu a ler e escrever desde pequeno não consegue enxergar que esse processo de aprendizagem se torna um grande desafio quando você é adulto”, ressalta Luiza Machado à revista Pequenas Empresas Grandes Negócios. Inicialmente, o projeto é voltado para analfabetos funcionais, mas também podem ser úteis para jovens e adultos que não saibam ler nem escrever – os completamente analfabetos. Mas a diferença é que, neste caso, será preciso contar com o auxílio de um professor ou um outro adulto que saiba ler.

App de alfabetização: aprendizado com auxílio da tecnologia

Um dos principais desafios das estudantes era saber se era possível contar com o uso de celulares por parte dos usuários analfabetos. Mas, surpreendentemente, elas descobriram que cerca de 80% usavam, inclusive, aplicativos como Whatsapp por conter o recurso de enviar mensagens de voz. Então, elas moldaram o app de forma a utilizar áudios e vídeos sobre variados temas no processo de ensino. “A proposta é que os usuários possam aprender escolhendo as lições segundo seus temas de interesse”.

app de alfabetização

Já no começo deste ano, o projeto do app de alfabetização foi apresentado na Arizona State University, nos Estados Unidos, onde concorreu em uma premiação. O sucesso foi tamanho que a ideia acabou ficando em primeiro lugar na categoria Comunicação de Impacto. Então, agora, o próximo desafio delas é colocar o aplicativo em prática e levá-lo a quem realmente precisa. Para isso, elas estão buscando contato com desenvolvedores e especialistas que possam ajudá-las a levar o aplicativo a um número maior de pessoas.

Mas isso que é uma boa forma de começar o ano: sendo premiada com um projeto tão inspirador, hein?

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *