Edital Ceará Inédito: inscrições abertas
14 de dezembro de 2017
XIV Edital Ceará da Paixão 2018: inscrições abertas
14 de dezembro de 2017

Chinês que faz selfies nas alturas filma própria morte ao acair de prédio

Durante algum tempo, virou moda no Instagram postar selfies nas alturas. Parecia uma competição para ver quem era o mais destemido. A pessoa tinha que subir nos pontos mais altos possíveis e tirar aquela selfie vertiginosa mostrando o quão alto ela teve coragem de subir.

Em algum locais esse tipo de imagem chegou a ser proibida. Uma modelo russa chegou a ser indiciada por se arriscar tirando fotos no topo de um arranha-céu. Em uma das imagens, ela está sendo segurada apenas pelo braço de um homem. Mas houve quem continuasse na onda das selfies nas alturas e se especializasse nisso, como o chinês Wu Yongning.

Na verdade, mais do que simples selfies, Wu Yongning, de 26 anos, ficou famosos por também fazer acrobacias e exercícios no alto de arranha-céus e postar tudo em seu canal no Youtube: o Volcano. Porém, um movimento errado fez com que ele acidentalmente acabasse gravando a própria morte.

Wu Yongning caiu do 62º andar de um prédio. Ele estava cumprindo uma espécie de desafio ainda não identificado, mas que renderia a ele uma quantidade em dinheiro caso cumprisse a tarefa. Ele então subiu ao topo do prédio do Centro Internacional Huayuan, em Changsha, e começou a fazer exercício como se fosse aquela barra fixa. Porém, no momento de retornar ao topo do prédio, ele acabou ficando sem força e acabou caindo.

O acidente aconteceu em novembro. O corpo do chinês foi encontrado por um limpador de janelas. Porém só agora o vídeo caiu nas redes sociais. Confira abaixo, mas a gente avisa: é duro de ver…

Depois disso, como ainda tem gente com coragem para fazer essas selfies nas alturas?

Fotos e vídeos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *