Receita do dia – Canelone de queijo fácil!
11 de outubro de 2017
Assembleia Legislativa celebra 40 anos de fundação do Sine no Ceará
11 de outubro de 2017

Circuito de TV parece ter filmado um fantasma em uma escola. Será?

Já faz algum tempo que um vídeo de um suposto fantasma em uma escola aqui do Brasil viralizou na internet. Sites de diversos países exibiram a gravação, que não demorou muito a ser desmentida. Tudo não passava de uma brincadeira e fios de nylon.

Pois bem, agora, na Irlanda, outra gravação de um fantasma em uma escola está assustante as pessoas. De acordo com as filmagens feitas pelo circuito interno de TV, é possível ver uma série de acontecimentos aparentemente inexplicáveis. E claro, bastante assustadores. Primeiro, confira o vídeo:


Para começar, aos 00:12 segundos, você pode ver a porta abrindo sozinha. Aos 0:16, algo se move próximo à porta, que também parece fechar sozinha. Aos 0:33, os cadeados começam a se mexer sozinhos. Aos 0:57, o cadeado se abre o os papéis caem no chão, ai que susto, gente! Aos 1;23, o aviso no chão aprece ser chutado violentamente.

Isso sem contar nos flashes e outras coisas esquisitas que aparecem. Mas será que dessa vez o vídeo do fantasma em uma escola é real?

O diretor da escola jura que não havia ninguém lá no momento, e que se isso for uma brincadeira, ele não faz ideia de como tenha sido feita. Isso porque, segundo ele, os sensores de movimento estavam todos ligados, por sinal, e que foi exatamente por isso que as câmeras entraram e ação e gravaram o ocorrido.

Para deitar tudo um pouco mais perturbador, o incidente ocorreu as 3:00 da madrugada, hora conhecida como “hora das bruxas”. A escola onde tudo aconteceu, a Deerpark CBS, é uma das mais antigas da região de Corky, na Irlanda. Foi construída em 1828 e várias pessoas já disseram que ela era assombrada pelo espírito de antigos alunos.

Mas, será? Depois de ano tempo, por que assombrar justo a escola? Não era melhor ir brincar no parquinho? O que vocês acham?

Fotos e vídeo: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *