Confira 3 curiosidades sobre Jenifer, candidata a hit do verão
11 de janeiro de 2019
Pré-Carnaval da Juventude na Rede Cuca
11 de janeiro de 2019

Clássicos que você precisa ler – Parte 2

Na última quinta-feira(10), publicamos aqui no Hype a primeira parte das 10 dicas de clássicos da literatura mundial e, para finalizar com essas sugestões, hoje trazemos mais 5 livros que valem cada página. Vem conferir!

1 – Dom Casmurro
Dom Casmurro foi escrito pelo célebre Machado de Assis. A obra conta com um narrador personagem, que também é o protagonista da história. Bento Santiago, que vive “ensimesmado”, como descreve o autor, em sua velhice solitária, tenta recuperar fatos da época em que era jovem, para “unir as duas pontas da vida”. A obra também apresenta um dos personagens mais emblemáticos da literatura brasileira: Capitu, com seus “olhos de cigana oblíqua e dissimulada”.

2 – Cem Anos de Solidão
Umas das obras-primas do vencedor do prêmio Nobel de literatura de 1982, o escritor colombiano Gabriel García Márquez, Cem Anos de Solidão conta a história da família Buendia, fundadores da cidade de Macondo, um paraíso perdido em meio a vales e florestas da América Latina. Na obra, Gabo, como era conhecido o escritor, narra a vida dos membros da família e também os acontecimentos fantasiosos que rodeiam a misteriosa cidade.

3 – O Apanhador no Campo de Centeio
Romance do escritor norte-americano J. D. Salinger, O Apanhador no Campo de Centeio foi inicialmente publicado no formato de revista e, em 1951, passou a ser disponibilizado como livro. A trama conta um dia na vida do jovem nova-iorquino Holden Caufield, que começa a divagar sobre suas dúvidas e inseguranças.

4 – Lolita
Lolita é um romance polêmico. Escrito por Vladimir Nabokov, escritor russo naturalizado norte-americano, o livro foi publicado pela primeira vez em 1955, e narra a relação entre um professor de literatura de quase 40 anos, Humbert Humbert, e uma jovem menor de idade, apelidada por ele de Lolita.

5 – Ensaio sobre a Cegueira
Ensaio sobre a Cegueira  tornou-se um grande sucesso do cinema. O livro, do escritor português José Saramago, conta a história de uma cidade abatida por uma epidemia repentina de cegueira, em que somente uma mulher fica imune. A doença é uma metáfora utilizada por Saramago para retratar a impotência humana, o preconceito e outros traços psicológicos e sociais inerentes a nossa existência.

 

E aí? Qual desses clássicos você já leu e quais serão suas próximas escolhas? Deixe sua opinião nos comentários! 😀

Fotos: Reprodução/ Fonte: Universia Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *