Dicas Netflix: 5 comédias pastelão para quem precisa rir no fim de semana
13 de setembro de 2019
Já ouviu falar em casa desmontável?
13 de setembro de 2019

Comissão da Assembleia Legislativa aprova projeto sobre conscientização da depressão pós-parto

A Comissão de Seguridade Social e Saúde da Assembleia Legislativa aprovou, na manhã desta quinta-feira (12), dois projetos de lei, quatro de indicação e três requerimentos. O projeto de lei de n° 304/19, da deputada Aderlândia Noronha (SD), institui a Campanha de Orientação e Conscientização sobre a Depressão Pós-Parto no âmbito do Ceará.

Já o de n° 330/19, do deputado Evandro Leitão (PDT), altera a lei estadual n° 15.511 de 6 de janeiro de 2014, que disponibiliza assentos na primeira fila das escolas públicas e privadas para crianças portadoras de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).

Dos projetos de indicação, o de n° 176/19, do deputado André Fernandes (PSL), institui o Programa de Assistência e Atendimento Psicológico e Psiquiátrico para crianças, adolescentes e jovens do Ceará. O 202/19, do deputado Vitor Valim (Pros), cria a Carteira de Identificação do Autista (CIA) para a pessoa diagnosticada com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

O de n° 225/19, do deputado Carlos Felipe (PCdoB), determina que os hospitais pólos e estratégicos do Estado disponham de salas estruturadas e equipadas para a realização do primeiro atendimento de emergência de pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC) ou Doença Arterial Coronariana (DAC).

De autoria do deputado Agenor Neto (MDB), o projeto 228/19 dispõe sobre a obrigatoriedade do exame de toxoplasmose no Sistema Único de Saúde (SUS) no Ceará.

Entre os requerimentos aprovados, estão o do deputado Vitor Valim, solicitando visita da Comissão de Seguridade e Saúde ao Hospital Municipal Dr. Abelardo Gadelha Rocha, no município de Caucaia. O do deputado Nelinho (PSDB) requer realização de audiência pública para debater a saúde pública de Juazeiro do Norte.

O deputado Walter Cavalcante (MDB), por sua vez, requer a realização de audiência pública para tratar da orientação e conscientização da população cearense acerca dos riscos, bem como das formas de prevenção e diagnóstico do câncer do aparelho digestivo. Participaram da reunião as deputadas Dra. Silvana (PR), Augusta Brito (PCdoB), Lucílvio Girão (PP), Carlos Felipe (PCdoB), Guilherme Landim (PDT) e Júlio César Filho (Cidadania).

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *