Concurso de Direitos Humanos da OAB recebe trabalhos até o final de setembro
14 de setembro de 2016
Startup cearense é uma das vencedoras do InovAtiva Brasil
14 de setembro de 2016

Parece apenas mais um site inocente que te ajuda a encontrar informações quando você precisa. Mas, na verdade, o Google é muito mais do que isso. Para começar, se seu smartphone roda qualquer uma das versões do Android, bom, adivinha? É o Google quem comanda. Se você tem uma conta no Gmail, bom, tem uma conta no Google. Gosta de ver vídeos no Youtube? Bingo! Também é controlado pelo Google. E sabe aquele aplicativo que te diz tudo sobre o que você gosta e até o que você vai querer fazer mais tarde, o Google Now? Bom, pelo nome, você já deve imaginar quem controla… Parece que o Google sabe de absolutamente tudo.

Pois é, o Google está mais presente nas nossas vidas do que muito de nós consegue perceber. Mas, será que tanta facilidade é mesmo uma ajuda? O que você acha que o Google sabe sobre você e seus hábitos?

o Google sabe sobre2

Através de rastreamento de dados e os chamados “cookies”, o Google consegue armazenar vários dados sobre seus usuários, entre eles, você. Todas as suas pesquisas no site, suas conversas no Hangouts, no Google Maps, no Youtube, enfim, toda e qualquer atividade que você faça relacionada a qualquer uma das empresas que o Google comanda geram dados que são armazenados. Com base nisso, o site lhe enche de anúncios e conteúdos que ele considera relevante para você.

Quer fazer um teste? Procure por um termo no Google – estando logado no site, ok? Então, peça para algum amigo, também logado no Google, para pesquisar o mesmo termo. É bem provável que vocês encontrem resultados diferentes na pesquisa. E sabe porque? Exatamente, por conta dos dados armazenados relativos às preferências de cada um.

o Google sabe sobre3

Mas, e como descobrir o que o Google sabe sobre você? É bem simples!

Clicando aqui (http://www.google.com/settings/ads/) você consegue ver tudo relativo aos anúncios direcionados ao seu perfil de buscas e interesses. Se você não quiser que o site fique salvando suas pesquisas, basta ir em Interesses e ativar ou desativar o que lhe interessa. Se você não quer anúncios, basta desativar tudo.

Já se você clicar aqui (https://maps.google.com/locationhistory) vai descobrir que o Google salvou todos os seus percursos que você buscou no Google Maps. E se você é o paranoico da privacidade, não vai querer que ninguém fique te perseguindo pela cidade, mesmoq ue virtualmente, certo? Então, é só apagar o histórico!

Já todos os itens que você digitou na famosa caixinha de pesquisa do Google diretamente podem ser encontrados aqui (https://www.google.com/history/) e se a pesquisa foi por voz, aqui (https://history.google.com/history/audio?hl=pt-BR). Ou seja, mais uma coisa para você dar uma excluida de vez em quando…

o Google sabe sobre4

Por fim, aqueles vídeos sugeridos na página inicial do Youtube são baseadas nos dados armazenados aqui  no histórico de busca (https://www.youtube.com/feed/history/search_history) ou aqui no histórico de vídeos assistidos (https://www.youtube.com/feed/history). Então, se você não quiser correr o risco de ninguém saber o que você anda vendo no Youtube – nem o Google, é bom excluir esse histórico também…

Aposto que você não imaginava que o Google sabia tanta coisa sobre você não é mesmo???

 

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *