Conheça a programação de crusos do Sebrae Ceará para o mês de Maio!
3 de maio de 2018
Trip Hype: Vai viajar em maio? Confira cinco destinos perfeitos para essa época!
3 de maio de 2018

Crossfit Vaginal – O treino para ter músculos e orgasmos mais fortes!

Os músculos da região da vagina, assim como todo o assoalho pélvico, costuma ser esquecido quando o assunto é exercício. Até mesmo pelos frequentadores assíduos da academia. Porém, ao exercitá-los você afasta a constipação e incontinência fecal, dores na hora do sexo? Nunca mais! Incontinência urinária e bexiga hiperativa também nunca mais serão um problema para você.

O crossfit vaginal varia o número de repetições e os acessórios de acordo com cada mulher. A sua amiga pode ser recomendada a usar vibradores, porém, não necessariamente você irá usar. Do mesmo modo que nem sempre é necessário usar as bolinhas ou os cones, por exemplo. Sabe o mais legal? Esses treinos podem ser feitos em qualquer lugar e em qualquer instante.

Ficou curiosa para saber mais? Desliza e a equipe Hype compartilha tudo que a fisioterapeuta especializada em uroginecologia e sexualidade Cátia Damasceno explicou!

1.Diferença entre crossfit vaginal e pompoarismo

Apesar de oferecem os mesmos benefícios, o crossfit vaginal e o pompoarismo possuem objetivos e execuções distintas. O foco do pompoarismo é o prazer, enquanto o crossfit vaginal tem como alvo principal a prevenção e o tratamento de doenças.

2.A relação dessa ginástica com a libido e o orgasmo

De acordo com a especialista, a vagina só é estimulada em atos como a transa, na troca de absorvente, ao se limpar no banho ou após fazer xixi. Ou seja, ao aumentar o nível de estímulo diariamente, é trabalhada as áreas do cérebro conectadas ao desejo de fazer sexo, o que faz com que a reação seja melhor e mais rápida.

3.Os exercícios

Contração e relaxamento (força/iniciante): Contraia os músculos da vagina, como se quisesse segurar o xixi, de 10 a 15 vezes. Faça cinco séries três vezes por dia, manhã, tarde e noite, com pausas de 30 a 60 segundos entre uma série e outra.

Isometria (resistência/iniciante): Contraia os músculos da vagina e segure por cinco segundos cinco vezes seguidas. Faça cinco séries três vezes por dia – manhã, tarde e noite –, com intervalos de 30 a 60 segundos entre uma série e outra.

A expulsão (mobilidade/avançado): coloque duas bolinhas de pompoarismo na vagina e tente expulsá-las sem usar as mãos. Faça isso três vezes por dia.

Quem já está planejando começar o crossfit vaginal hoje mesmo? Compartilhe com a equipe do Hype: o que você achou dessa técnica?

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *