Cultura para Crianças no fim de semana!
8 de janeiro de 2015
Sistema de Alvará online e implantado em Sobral
8 de janeiro de 2015

Cuidado com os raios!

A forte chuva do último sábado (3) ainda está viva na memória dos fortalezenses, não apenas por sua intensidade ou pelos estragos que ela causou, mas também pela grande quantidade de raios e trovões que foram vistos e ouvidos. Somente neste dia, foram registrados cerca de 300 descargas elétricas em Fortaleza.

Porém, o que muitos não sabem é exatamente como agir em caso de tempestades elétricas como a do final de semana. É possível defender-se dos raios e evitar danos às redes elétricas das casas? E se eu estiver na rua, como proceder para não ser atingido por um raio e vir a sofrer algo sério? Segundo o Corpo de Bombeiros, a lista de procedimentos a ser seguida em casos de ocorrências de descargas elétricas é bem simples. Confira as dicas abaixo:

– Em primeiro lugar, busque se abrigar em local coberto como edificações, ou então, dentro do carro, com as portas fechadas e sem encostar nas partes metálicas. Em ambas as situações, mantenha as janelas fechadas. Em prédios, fique longe das janelas;

– Não entre em contato com materiais ou estruturas metálicas, tais como cercas, arames, alambrados, tendas, barracas, guarda-chuvas ou postes durante a tempestade;

– Não fique dentro d’água;

– Não se aproxime de árvores isoladas, antenas ou torres ou qualquer coisa que possa “parecer” um para-raio;

– Retire todos os aparelhos eletrodomésticos das tomadas e, também, desconecte da antena externa o televisor. Dessa forma, você reduz o risco de danos por alterações bruscas na rede elétrica;

– Utilize o telefone somente em caso de emergência, uma vez que os raios podem alcançar a linha telefônica aérea;

– Evitae locais de grande aglomeração de pessoas, uma vez que a corrente pode passar indiretamente, mesmo que não haja contato. Evite ainda de praias, piscinas, áreas abertas ou picos desprotegidos;

– Fuja de locais de armazenamento de produtos inflamáveis.

raios_fortaleza

Em caso de alguém ser atingido por um raio, os Bombeiros recomendam que seja chamado o serviço de urgência através do número 190 ou 193 em primeiro lugar. Depois, é preciso verificar se a pessoa tem pulso e, caso seja preciso, iniciar a ressuscitação cardiorrespiratória (RCP) enquanto aguarda a chegada do socorro.

Fotos: Reprodução

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *