Denúncia! Conheça Back, o gato ladrão de Fernando de Noronha
21 de junho de 2018
Anunciado primeiro casamento gay da família real britânica
21 de junho de 2018

Culinária – 10 truques úteis de cozinheiros para aderir na cozinha!

Você é daqueles super fã de reality show de culinária e vive se imaginando como os chefs conseguem fazer pratos super elaborados em tempo recorde?

Bom, então você está no local certo, pois o Pátio Hype listou 10 segredos de chefs e cozinheiros que possuem bastante experiência no mundo da gastronomia. Desliza um pouco mais e confere tudo!

1.Use uma tábua de cortar de madeira

As tábuas de madeira não possuem propriedades antimicrobianas, porém por ser uma material poroso, suga a umidade, ou seja, secando bem mais rápido e evitando o crescimento de bactérias. Enquanto as tábuas de plástico possibilitam que as bactérias se alojem nas marcas de corte da superfície. Outra dica é ter uma tábua para cada alimento, por exemplo, para carnes, peixes crus, vegetais e outros alimentos.

2.Amasse o alho com a lateral da faca em vez de descascar

Os grandes chefs profissionais costumam usar uma velha técnica que em vez de você descascar os alhos de um por um, basta colocá-los deitado na tábua e amassá-los com a lateral de uma grande faca para picar. Dessa forma a casca vai sair facilmente e o alho já estará amassado sem sujeira, pronto para ser colocado na panela.

3.Deixe a carne descansar antes de cortar

Logo após assar ou grelhar um bife, deixe-o descansando por algum tempo. Pois depois de alguns minutos o “suco” da carne é reabsorvido e não é desperdiçado quando for cortá-la. O segredo para ele não ficar gelado é usar um papel alumínio sobre ele logo após de tirá-lo da frigideira. A recomendação é que, se for um pedaço bem grosso, deixe por 10 minutos, mas se for um pedaço mais fino, pode ser bem menos. Essa dica também funciona para carne assada e churrasco.

4.Use fermento biológico fresco em vez de seco

Um dos segredos do escritor Tim Hayward é usar fermento fresco em vez de fermento biológico seco para preparar pães. Você encontra o fermento fresco em tabletes e deve ser usado logo após ser comprado, pois tem curto prazo de validade, mas apesar desse pequeno detalhes, o sabor dos alimentos assados ficam bem mais saborosos, segundo Tim. E para quem quer ousar mais, pode procurar por fermento natural, mais conhecido como levain, uma massa viva de fermentação que é preciso alimentar e compartilhar.

5.Não use óleo para cozinhar o macarrão

O óleo deixa o sabor do seu macarrão menos saboroso, além de que não tem o efeito de ficar soltinho, como o esperado. O que vai deixar o macarrão soltinho é a quantidade de água que você vai usar para cozinhá-lo. Por exemplo, no mínimo um litro de água para cada 100g de macarrão. Assim como mexer a massa enquanto ela estiver cozinhando e nada de passar demais do tempo de cozimento estipulado na embalagem do produto. Para saber se está no ponto, quebre um macarrão no meio e veja se ele está seco.

6.Manteiga salgada ou sem sal?

Não importa! O sal da manteiga é usado para agir como conservante natural e evitar a ação de bactérias no alimento. Existem chefs, por exemplo, Barry Smith, que ao cozinhar cogumelos, não gosta que eles soltem água. Sendo assim, prefere a manteiga sem sal, já que o sal retira a água dos ingredientes. Porém, outros chefs usam manteira sem sal para assar e com sal para cozinhar em uma panela. Vale do seu gosto.

7.Óleo de canola

Os chefs do The Kitchen Cabinet dizem que quando não estão usando algum tipo de gordura animal, a segunda melhor opção é o óleo de canola. Uma das vantagens de usar esse óleo, é que ele não possui sabor, o que não altera o gosto da comida. Além de ser adequado para várias dietas restritivas e, normalmente, tem um bom preço, sendo ótimo para quem quer investir no ingrediente.

8.Use todas as partes dos legumes e verduras

Algumas partes dos legumes e das verduras que são jogados fora são as folhas da couve-flor e o salsão e podem ser adicionados ao seu prato de couve-flor gratinado, assim como o cabinho de brócolis é bem macio e doce. Outro exemplo de como aproveitar a casca da cebola é cozinhá-la por muito tempo até ficar caramelizada ou usar em um caldo de legumes. As cascas da ervilha e os talos da salsinha também podem estar inclusas nessa sopa.

9.Cheire a rolha e saiba se o vinho está bom

Para saber se o vinha está bom basta identificar o cheiro da rolha. Se ela estiver com um cheiro de umidade, algo parecido com o cheiro de papelão molhado ou de mofo. Ele está bom para ser jogado fora. O composto tricloroanisol (TCA) é a contaminação por meio de um fungo que resulta no cheiro ruim.

10.Coloque frutas e legumes de molho em água com limão para não escurecerem

Alguns alimentos se não forem ingeridos logo após serem cortados e ingeridos imediatamente ficam escuros. O truque para adiar essa reação é deixá-los descansando na água com limão. Dessa forma o limão impede a oxidação das frutas, diminuindo a aparência de envelhecido.

Depois dessas dicas, comer bem ficou ainda mais fácil, não é mesmo? hahah!

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *