Dica do dia – Alpargatas Havaianas na Topz do OFF Outlet!
6 de novembro de 2017
Make com pompom – Vem conhecer essa nova trend exótica de beleza
6 de novembro de 2017

Você conhece o perfil no Instagram, Diet Prada? A conta que vem chamando atenção na rede social por revelar diariamente as réplicas e inspirações fashions. É fato que na moda, aquele velho ditado “nada se cria, tudo se copia”, ás vezes é levado á sério demais, e muitos estilistas pesam na mão ao revelar suas criações cheias de referências em peças muitíssimo semelhantes.

Criada pela designer Vika Gazinskaya e pelo artista plástico Brad Troemel, a conta que mostra, lado a lado, peças parecidas de grifes diferentes, tem o objetivo de denunciar as semelhanças excessivas entre as criações de diferentes marcas – sendo elas intencionais ou não. O nome é uma homenagem à grife italiana, a qual eles consideram referência em inovação e criatividade, e diet faz alusão as copias, que são versões “mais leves” do que as originais.

Grandes marcas como Dolce & Gabbana, Heron Preston, Balenciaga, Celine, Off-White e outras, já foram alvos de críticas fortes sobre seus produtos. Inclusive recentemente houve um desentendimento entre Stefano Gabbana e a conta do Instagram sobre uma das novas entregas da marca D&G, na qual um suéter aparentemente foi totalmente inspirado em uma das criações da Gucci. “Queridos, faço este trabalho há 32 anos, fizemos sucesso nos anos 1990… então, se vocês são ignorantes e melhor que não digam nada sobre esta imagem… Gucci nos copiou de tantas maneiras possíveis e esta é uma delas… Por favor peça desculpas para mim”, escreveu o Stefano. Além de não se desculpar, a página também colocou à venda uma camiseta com a estampa da frase do estilista (please say sorry to me).

Já entre os usuários brasileiros da rede social, o perfil ficou conhecido ao comparar um look da blogueira Thássia Naves, vestindo uma peça da marca Skazi, que aparenta ser uma cópia idêntica da marca colombiana PAJON & CARTAGENA. Como mostra a publicação abaixo:

“É um desperdício quando uma criação genuína é reduzida a um desleixo – e não estamos falando das redes de fast fashion, que possuem exatamente esse modelo de negócio”, contaram os administradores da página ao portal norte-americano The Cut. “Estamos falando de estilistas e marcas que estão na posição de trazer algo novo, mas escolhem o caminho mais fácil ao ‘criar’ o que eles já sabem que está vendendo”, revelaram Vika Gazinskaya e Brad Troemel. “Não me importo se alguém tira referências de um casaco da Balenciaga dos anos 50. O que incomoda é ver cópias que foram desfiladas na última temporada. Precisamos de jogar justo!” eles ainda argumentam.

Diet Prada já conta com mais de 90 mil seguidores e com o selo de conta verificada na rede social. Já caçaram briga com grandes nomes do mundo da moda e prometem não parar, os administradores não se intimidam. E você, o que acha desse bafafá todo hein? Conta pra gente nos comentários!

Fotos: Reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *