Semana do Audiovisual Cearense: Dom Fragoso
8 de julho de 2020
Curtinho fashionista – 5 penteados inspirados em Kristen Stewart
8 de julho de 2020
filmes de terror

Quem acompanha a gente aqui do Pátio Hype sabe que se tem uma coisa que a gente ama são filmes de terror. Nossa festa favorita é o Halloween, e durante o mês de outubro fazemos matérias e mais matérias dedicadas aos sustos. Pois bem, se você também é assim como a gente e não dispensa um bom filme de terror, seja de que tipo for, saiba que você pode estar mais bem preparado para enfrentar pandemias e outros cenários “pós-apocalípticos”do que as outras pessoas. Pelo menos e isso que diz um recente estudo…

filmes de terror

A “descoberta” foi feita por uma equipe de psicólogos da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos. A pesquisa foi feita em parceria com uma outra universidade na Dinamarca e entrevistou pouco mais de 300 pessoas. Ao final, os especialistas chegaram a conclusão de que os fãs de filmes de terror, principalmente aqueles com invasões de aliens ou ataques zumbis, são mais preparados para enfrentar o coronavírus. Ou, pelo menos, conseguem se manter positivos por mais tempo durante a pandemia.

Mas o que tem a ver os filmes de terror com a pandemia?

Mesmo com esse resultado, não se sabe bem a relação entre os filmes e seu público. Isso porque os pesquisadores não entendem exatamente o que leva os fãs de filmes de terror a se sentirem mais preparados. Mas apontam duas que sejam as prováveis causas. Uma delas é a curiosidade mórbida sobre situações extremas. A outra seria o aprendizado pelo exemplo. “Se o filme é bom, você toma a perspectiva dos personagens, então está involuntariamente ensaiando aqueles cenários”, explicou o psicólogo Coltan Scrivner, da Universidade de Chicago, ao jornal britânico The Guardian. Segundo ele, por exemplo, fãs de filme de invasão zumbis sabiam exatamente o que comprar e guardar para estarem preparados.

filmes de terror

Já um pesquisador dinamarquês destacou que ver filmes que falam de situações de terror extremas, ataques zumbis e outros panoramas pós-apocalípticos, de fato, preparam as pessoas para o imprevisível. “Em comparação a alguém que nunca simulou o fim do mundo, você estará em uma posição melhor por causa da experiência com a ficção”.

Ou seja, é como dizem por aí: a vida imita a arte. Então, melhor estar preparado para o que der e vier, não é mesmo? Se você ficou curioso com a pesquisa, ela está disponível online AQUI, mas está em inglês.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *