Secitece abre inscrições de curso gratuito para pessoas com deficiência
22 de janeiro de 2016
Roteiro Cult – 12 museus para conhecer em Fortaleza!
22 de janeiro de 2016

Sem pensar muito e nem ligar o computador ou pegar o telefone para responder, você sabe quanto tem de amigos no Facebook? E quantos seguidores em sua conta no Twitter? Instagram? Snapchat? É bem satisfatório entrar nas suas redes sociais e ver que aquela quantidade de pessoas interessadas no que você faz só aumenta e aumenta a cada dia, não é mesmo? Mas, já parou para pensar quantas dessas pessoas realmente são suas amigas?

“Mas ah, todo mundo sabe que aquele número de amigos no Facebook não é igual ao meu número de amigos na vida real!”. Sim, é verdade, mas quando há um estudo científico para comprovar isso, a verdade acaba se tornando bem mais amarga para alguns…

amigos no Facebook3Um professor da Universidade de Oxford, na Grã Bretanha, chamado Robin Dunbar fez uma pesquisa que buscava relacionar a quantidade de amigos no Facebook com a de amigos na vida real dos usuários da Rede. A pesquisa foi publicada no site da Royal Society Open Science e nela, Dunbar buscava ver se era possível expandir as barreiras do mundo offline e aumentar em tamanhos consideráveis a linha de amizades de uma pessoa graças às redes sociais.

Segundo o estudo, o nascimento da amizade entre duas pessoas depende basicamente do tamanho do cérebro delas e da vontade de cada uma em criar e manter essa amizade – algo que, vamos combinar, requer mesmo lá seu esforço. Pois bem, 3,375 usuários da rede social, com idades entre 18 e 65 anos tiveram suas atividades dentro e fora da internet devidamente acompanhadas por Dunbar. O resultado foi exatamente aquilo que muitos já esperavam: você pode ter 200, 900, 5000 amigos ou mais nas suas redes sociais, mas na sua vida real, dificilmente este número ultrapassará 150.

amigos no Facebook2

E se for para saber quantos amigos são de verdade, o número cai mais ainda, cerca de 50. E ao levarmos em consideração apenas aquela amizade genuína mesmo, do tipo “pau para toda obra”, o número pode ser ainda mais deprimente para os mais sensíveis: cerca de 13 a 15 pessoas são seus amigos na vida real. Trocando em miúdos, o estudo comprova que ferramentas como Facebook e Twitter não faz ninguém aumentar seu círculo de amizades reais, ou seja,  não torna ninguém mais popular de verdade, principalmente quando o assunto é amizade. E se, no fim de tudo isso, você ainda acha que de todo aquele número imenso de amigos no Facebook, mais de 4 ou 5 são realmente “amigos para valer”, talvez seja hora de repensar o que é ser amigo para você.

Será que você não está sendo flexível demais ou chamando de amigo quem não merece? O estudo acaba sendo uma ótima ferramenta de reflexão sobre a forma como nos relacionamos e, em último caso, uma ótima ajuda na hora de diminuir aquela lista de convidados para sua festinha!

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *