Os destaques da programação de Festejos juninos
17 de junho de 2019
Você descobriu as pistas e easter eggs do vídeo novo da Taylor Swift?
18 de junho de 2019

Exposição “Memórias que não escrevi” no Museu da Cultura Cearense

O artista Sebastião de Paula celebra 36 anos de carreira com a exposição individual em xilogravura “Memórias que não escrevi”, no Museu da Cultura Cearense, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. São expostas 22 obras impressas sobre papel, todas com a dimensão 60 x 80cm, e diversas intervenções com stickers (adesivos).

A produção atual de Sebastião de Paula é diversificada, não havendo predominância nem de temática e nem de uma linha de trabalhos. O que se destaca em sua proposta vigente é a diversidade, contudo, há uma forte relação de parte das obras com memória, principalmente, nas gravuras que fazem alusões a brinquedos populares. A exposição contará ainda com apresentação do Grupo de violão Guitar Trio Toada, do Instituto Federal do Ceará (IFCE), sob a regência do professor Dr. Linconl.

Ao longo de sua trajetória, Sebastião de Paula tem atuado regularmente no circuito local, nacional e internacional, participando de mais 100 exposições coletivas em várias cidades brasileiras; e no exterior em países como: Argentina, Portugal, Espanha, França, Alemanha, Romênia, Bulgária, Eslovênia, República da Macedônia, República da Moldova, Estados Unidos e Japão. Individualmente expôs sete vezes no Brasil, sendo cinco em Fortaleza e duas em São Paulo e uma na França: destacando-se a sala especial na 5ª Mondial de L’estampe Et de La Gravure Originale Trienalle de Chamalières.

Obteve onze premiações destacando as duas na França: em 2009, La taille d’ épargne, 6° Concurs International Jean Chièze, Paris; e em 2003, a Sala especial na 6° Triennale Mondiale D`Éstampes Petit Format – Chamaliéres, Durtol. Foi premiado também no Pará, em São Paulo e sete vezes em Fortaleza, divididas nas áreas de escultura, pintura e nove em gravura.

Serviço:
Exposição “Memórias que não escrevi”

Em cartaz até dia 28 de julho, no Museu da Cultura Cearense
Visitação de terça a sexta-feira, das 9h às 19h (com acesso até as 18h30); e aos sábados e domingos, das 14h às 21h (com acesso até as 20h30)
Acesso gratuito. Classificação etária: Livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *