VI Festival de Jericoacoara Cinema Digital
24 de maio de 2017
Edital Ceará Junino 2017: Resultado final de inscrições
24 de maio de 2017

Com o objetivo discutir modos de ampliar os conhecimentos e fazeres da arte e cultura em seus diversos aspectos, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), através da Coordenadoria de Conhecimento e Formação, em parceria com a Unilab, realiza, na próxima quinta-feira(25), a 5ª edição do programa Encontros Cultura e Pensamento. Abordando o tema “Interculturalidade crítica em arte e educação”, o evento acontecerá a partir de 9h, dentro da programação da Semana África, no município de Redenção, no Campus da Liberdade da Unilab. O encontro é aberto ao público.

Inspirado em um programa criado, em 2005, pelo Ministério da Cultura, o ciclo de Encontros Cultura e Pensamento se propõe a circular por espaços do interior do Estado e da cidade de Fortaleza, no que tange às tecnologias emergentes, às políticas públicas, às culturas juvenis, às intervenções urbanas, ao patrimônio, à educação e aos processos criativos.

Para essa edição, estão programadas para esta edição do encontro duas atividades. A primeira delas, às 9h, é a oficina “Corporeidades africanas ancestrais com percussão e ritmos da Guiné-Bissau”, ministrada por com o professor e pesquisador em dança Rubéns Lopes e o músico e dançarino Trindade Gomes. Em seguida, às 10h, acontece a Roda de Conversa “Interculturalidade crítica em arte e educação”, com educadores e alunos da Unilab, entre eles Manuel Casqueiro, Sandra Petit, Trindade Gomes, Rubéns Lopes, Deo Cardoso, Cláudia Pires, Patrícia Matos, Carlos Subuhana e Emyle Daltro.

Os Encontros Cultura e Pensamento são uma realização da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), por meio da Coordenação de Conhecimento e Formação da Secretaria.

SERVIÇO
5ª edição do programa Encontros Cultura e Pensamento
Dia 25 de maio, a partir de 9h, no município de Redenção, no Campus da Liberdade da Unilab
PROGRAMAÇÃO
Oficina (9h a 10h) – Corporeidades africanas ancestrais com percussão e ritmos da Guiné-Bissau, com Rubéns Lopes e Trindade Gomes
Roda de conversa (10h a 12h) – Interculturalidade crítica em arte e educação, com Manuel Casqueiro, Sandra Petit, Trindade Gomes, Rubéns Lopes, Deo Cardoso, Cláudia Pires, Patrícia Matos, Carlos Subuhana e Emyle Daltro.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *