Programação de cinema ao ar livre na Praia de Iracema
4 de setembro de 2018
Já viu a pegadinha do Sílvio Santos inspirada em A Freira?
4 de setembro de 2018

Hoje compartilhamos por aqui ótimas notícias na área da educação! Isto porque o resultado de Fortaleza em 2017 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) acaba de superar a meta projetada para 2021. Os dados, divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) nesta segunda-feira (03), apontam que a Rede Municipal de Ensino da capital cearense alcançou a melhor marca de sua história, tanto nos anos iniciais como nos anos finais. O Ideb alcançado supera os resultados projetados pelo Ministério da Educação (MEC) para o Brasil e o Nordeste.

O índice na capital cearense no 5º ano do Ensino Fundamental passou de 5,4, em 2015, para 6,0, em 2017. Com esse resultado, Fortaleza já superou a meta projetada para ser alcançada em 2021 (de 5,5) e atingiu o segundo melhor resultado entre as capitais do Nordeste, e o sétimo lugar entre as capitais brasileiras. Já no 9º ano, o Ideb subiu de 4,4 (2015), para 4,9 (2017). Ou seja, conforme o Inep, o resultado também já superou a meta projetada para 2021 (de 4,7). Outro destaque foi que 96,2% das escolas municipais de Fortaleza nos anos iniciais atingiram as metas projetadas pelo MEC para o Ideb. Nos anos finais, este percentual foi de 73,6%.

O Ideb é uma iniciativa do Inep para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação, indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar, ou seja, na progressão dos estudantes entre etapas/anos na educação básica.

Proficiência

Fortaleza também conquistou crescimento histórico na proficiência avaliada na Prova Brasil pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) em Língua Portuguesa e Matemática no 5º e 9º anos do Ensino Fundamental. Vale destacar que, em Língua Portuguesa, a média da capital cearense ficou acima do desempenho do Ceará e do Brasil. Já em Matemática, o resultado na Rede Municipal de Fortaleza ficou acima da média nacional.

Nos anos iniciais, houve crescimento na proficiência tanto em Língua Portuguesa (218,13) como em Matemática (222,41), o que representou um aumento, respectivamente, de 10,23 pontos e de 10,42 pontos na comparação com 2015.

Com relação aos anos finais, Fortaleza atingiu proficiência de 265,68 em Língua Portuguesa, e de 254,48 em Matemática, resultados que, na comparação com 2015, representam crescimento de 7,39 pontos em Língua Portuguesa e 2,32 pontos em Matemática.

Os resultados da Prova Brasil são apresentados em uma escala de desempenho capaz de descrever, em cada nível, as competências e as habilidades que os estudantes demonstram terem desenvolvido. Há uma escala descrita para as habilidades em Língua Portuguesa e outra para Matemática. Dentro de cada uma das disciplinas a escala é única e acumulativa, para todas as séries avaliadas.

Fortalecimento das ações

A secretária da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha, celebra os avanços obtidos. “Esse resultado representa o esforço de um projeto de gestão iniciado com o prefeito Roberto Cláudio em 2013, com foco em quatro pilares: o sucesso do aluno; a valorização e formação dos professores; o fortalecimento da gestão por mérito e autonomia administrativa e financeira da escola; o processo de reconhecimento pelos resultados alcançados”, fortalece a secretária.

Dentro desse processo, a titular da SME destaca, ainda, o trabalho assumido em 2017 para o monitoramento diário e informatizado da frequência escolar, que busca garantir a presença do aluno na escola, em parceria com os pais e professores.

“Esse é o projeto estruturante que vem garantindo com que Fortaleza avance em todos os indicadores – sejam nacionais, como Ideb, ou estaduais, medido pelo Spaece, no qual também avançamos quanto à alfabetização das crianças”, reforça. “A caminhada é grande, mas sabemos dos nossos avanços. Em Língua Portuguesa, estamos evoluindo e alcançamos parâmetros adequados, e em matemática o desafio é maior. Para isso, temos um projeto que já vem se consolidando, com professores e gestores capacitados para que a gente possa continuar avançando”, declarou a secretária.

Os ótimos resultados divulgados pelo Inep só mostram que a educação pública em Fortaleza está no caminho certo! Com isso, quem ganha são nossas crianças e adolescentes, com mais chances e oportunidades de construírem um futuro melhor para as próximas gerações. Que a nossa educação continue crescendo e rendendo bons frutos!

 

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *