Veja o trailer de “The Little Hours”, comédia que dificilmente chegará ao Brasil
20 de abril de 2017
Bienal acessível a todas e todos
20 de abril de 2017

Governador anuncia concessão de 900 bolsas de mestrado e doutorado

Vamos dar início a esta quinta-feira, véspera de feriado, com uma ótima notícia para nossos leitores interessados em seguir carreira acadêmica. A boa nova trata-se do anuncio feito pelo governador Camilo Santana em liberar a concessão de 900 bolsas de mestrado e doutorado, além de oficializar a concessão de 759 bolsas de iniciação científica. Os benefícios para os estudantes são gerenciados pela Funcap, órgão vinculado à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece).

Durante a solenidade que oficializou a decisão, realizada na manhã da quarta-feira (19), no Palácio da Abolição, foram outorgadas pelo governador 503 bolsas de mestrado e 397 de doutorado. Selecionados pela Funcap por meio de edital público, os alunos contemplados mantêm atividades de pesquisa de alto nível em cursos credenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em todo o estado. Somente para as bolsas de pós-graduandos, o investimento foi de R$17,1 milhões.

De acordo com o o governador, o estado investe na qualificação de jovens nas universidades não só para que eles possam se qualificar. “Vai além de preparar esses jovens para o mercado de trabalho. Também queremos que eles possam dar um retorno para o Ceará em pesquisa e soluções dos problemas do estado em diversas áreas, como nos problemas da seca, da saúde, de infraestrutura, alternativas de mobilidade urbana, dentre outros pontos. Esses resultados a gente vai poder ver através do desenvolvimento desses alunos”.

Camilo Santana aproveitou a oportunidade para lembrar que a educação tem sido eixo prioritário na gestão estadual, com investimentos na implantação de escolas em tempo integral nos municípios cearenses – que em 2017 alcança 71 unidades – e melhorias no Ensino Médio e Ensino Superior.

Somados, os investimentos em todos os programas de fomento à ciência para bolsistas em instituições de Ensino Superior do Estado chegam a R$20,7 milhões.

Então, ver o o fomento à pesquisa acadêmica no Ceará mais uma vez pauta no Palácio da Abolição é ou não uma ótima notícia?

Fotos: Reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *