Trailer do novo Caça-Fantasmas é divulgado e é surpreendente!
10 de dezembro de 2019
Imparh oferta 936 vagas para cursos do Centro de Línguas em Fortaleza
10 de dezembro de 2019

Grupo pede boicote a polêmico especial de Natal do Porta dos Fundos da Netflix

Há algum tempo, postamos AQUI o calendário de estreias da Netflix para este mês de dezembro e dentre eles estava o especial de Natal do Porta dos Fundos. Assim como o especial do ano passado, intitulado Se Beber, Não Ceie!, o longa deste ano também chegou prometendo polêmica e muitas piadas com temas religiosos. O grupo de humoristas sempre soube que essa atitude poderia incomodar – e incomodou bastante esse ano! Tanto que tem gente pedindo boicote ao filme e muito mais!

Este ano, o especial de Natal do Porta dos Fundos se chama A Primeira Tentação de Cristo e é inspirado no período em que Cristo teria passado 40 dias no deserto. Dentre as várias piadas polêmicas presentes no especial, há uma insinuação de relacionamento entre Jesus e Satanás. Além disso, há ainda uma sugestão de relacionamento poliamor entre Deus, Maria e José. Claro que tudo com muito humor, sarcasmo, piadas e indiretas.

Toda essa graça, porém, não agradou nada vários grupos religiosos em todo o País. advogado Paulo Henrique Cremoneze, vice-presidente da União dos Juristas Católicos de São Paulo (UJUCASP) encabeça um grupo que está pedindo que todos os cristãos boicotem a obra e também a própria Netflix. Segundo ele, o especial é ofensivo e nem mesmo o direito constitucional à liberdade de expressão justificaria as piadas contidas no programa.

Outro grupo vai mais além e pede para que as pessoas cancelem suas assinaturas da Netflix em protesto. Há ainda uma petição online que já reúne cerca de 200 mil assinaturas. Ela pede para que a plataforma de streaming retire o especial imediatamente de seu catálogo. E aí, já assistiu ao especial de Natal do Porta dos Fundos da Netflix? É do time dos que amou ou dos que odiaram?

Fotos e vídeo: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *