Os 10 erros fashion de Larissa Manoela!
10 de janeiro de 2018
Meghan Markle deleta todas as suas de redes sociais
10 de janeiro de 2018

H&M é atacada na internet e retira foto publicitária considerada racista!

A rede de lojas de roupa sueca H&M teve de pedir desculpas e tirar do seu site uma campanha publicitária com teor racista. Internautas usaram as redes sociais para protestar e atacar a fast-fashion nesta segunda-feira. Isso porque na foto havia um menino negro vestindo um moletom com a frase: “Coolest monkey in the jungle” (O macaco mais legal da selva, em tradução livre), ao lado, um garoto branco usava a mesma peça, mas com a frase “Mangrove jungle survival expert” (Especialista em sobrevivência na selva, em português). Diante da polêmica, a empresa emitiu um pedido de desculpas nesta segunda-feira.

“Nós sinceramente pedimos desculpas por esta imagem”, afirmou a H&M em comunicado enviado à emissora americana “CBS”. “Ela já foi removida de todos os sites e o produto não será comercializado nos Estados Unidos. Nós acreditamos na diversidade e inclusão em tudo o que fazemos, e vamos rever nossas atividades cotidianas”, divulgou a empresa na nota.

Não é a primeira vez que uma grande marca se encontra nesta situação. Em 2014, a marca de roupa espanhola Zara teve que retirar do mercado uma camiseta infantil de listras com uma estrela amarela bordada que gerou polêmica por sua semelhança com os uniformes dos judeus nos campos de concentração nazistas. Em outubro passado, a marca de perfumaria e cosmética Dove se desculpou por uma publicidade que também foi considerada racista. O anúncio mostrava uma mulher negra que ao tirar a camiseta se transformava em uma mulher branca e ruiva.

E aí, o que você acha dessa denúncia racista que a H&M sofreu? Conta pra gente!

Fotos: Reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *