Tutorial – 6 passos para ter mais prazer com a masturbação
28 de junho de 2018
80 mil crianças e adolescentes atendidos no projeto “Escola no Cinema”
28 de junho de 2018

Hoje é o Dia Internacional do Orgulho LGBTI+, mas você sabe o porquê da data?

Hoje é celebrado o Dia Internacional do Orgulho LGBTI+. Em todo o mundo, atos em alusão à data são feitos como forma de homenagem, de dar visibilidade a gays, lésbicas, trans, travestis, intersexuais, bissexuais… Mas, mais do que isso, a data também é lembrada como forma de protesto. Isso porque os crimes de homofobia, transfobia e todos os demais preconceitos ligados a gênero e orientação sexual continuam a crescer em vários países – inclusive o Brasil.

Mas, você faz alguma ideia de como nasceu essa data? De por que exatamente hoje, 28 de junho, ser comemorado o Dia Internacional do Orgulho LGBTI+? Pois senta que lá vem história a gente aqui do Pátio Hype também levanta essa bandeira e explica tudo para você!

Em 1969 havia um bar nos Estados Unidos, mais precisamente em Nova York chamado Stonewall Inn. Era um local tipicamente frequentado por gays, lésbicas e trans da época. Ali, sempre ocorriam uma série de batidas policiais no local a fim de acabar não apenas com ele, mas também com seus frequentadores. Na noite do dia 28 de junho, os frequentadores do local resolveram se rebelar conta os policiais e fizeram uma espécie de levante.

Durante dois dias, eles enfrentaram a polícia e em primeiro de julho, a contenda teve fim, com muitas pessoas feridas e presas. Desde então, todos os anos, no dia primeiro de julho, a comunidade LGBTI+ passou a se reunir. Eles não apenas lembravam o ocorrido, mas também homenagearam os participantes. Nascia assim a primeira parada do orgulho gay – que depois passou a se chamar orgulho LGBTI+ – do mundo.

E a partir de então, o dia 28 de junho – data do início do levante – passou a ser conhecido como o Dia Internacional do Orgulho LGBTI+. Hoje, existem paradas LGBTs em todo o mundo em diferentes datas. Aqui em Fortaleza, por exemplo, a parada aconteceu no último dia 24 e o mês inteiro de junho acabou sendo tomado como mês do orgulho LGBTI+. Já alguns outros países iniciam a comemoração hoje e estendem as celebrações e protestos por julho inteiro.

Mas infelizmente, ainda há muito a se lutar para acabar com o preconceito e os crimes de “fobia”. Por isso, é tão importante lembrar a origem e celebrar datas como hoje.

E o Stonewall? Ainda existe?

O bar original fechou ainda em 1969. Em 1990, metade do que foi o bar original foi reformado e outro bar chamado Stonewall foi aberto. Por fazer parte de um centro de prédios históricos, nos anos 2000 ele foi considerado um marco em Nova York. Em 2007, ele foi reformado e passou a se chamar Stonewall Inn, como o original. Em 2015 ele recebeu um status especial da Comissão de Preservação de Marcos da Cidade de Nova York por seu papel catalisador do movimento LGBT. E, por fim, em 2016, o presidente Barack Obama oficializou o bar como um monumento nacional.

Quer saber mais sobre o movimento? Há documentários sobre o tema e um filme que conta a história do lendário bar.

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *