Boa dormida – Dicas essenciais para escolher o travesseiro certo
17 de julho de 2017
Prefeitura de Fortaleza abre novas inscrições para o Academia Enem 2017
17 de julho de 2017

Já parou para pensar no que o Google sabe sobre você?

Parece apenas mais um site inocente que te ajuda a encontrar informações quando você precisa. Mas, na verdade, o Google é muito mais do que isso. Para começar, se seu smartphone roda qualquer uma das versões do Android, bom, adivinha? É o Google quem comanda. Se você tem uma conta no Gmail, bom, tem uma conta no Google. Gosta de ver vídeos no Youtube? Bingo! Também é controlado pelo Google. E sabe aquele aplicativo que te diz tudo sobre o que você gosta e até o que você vai querer fazer mais tarde, o Google Now? Bom, pelo nome, você já deve imaginar quem controla…

Pois é, o Google está mais presente nas nossas vidas do que muito de nós consegue perceber. Mas, será que tanta facilidade é mesmo uma ajuda? O que você acha que o Google sabe sobre você e seus hábitos?

Através de rastreamento de dados e os chamados “cookies”, o Google consegue armazenar vários dados sobre seus usuários, entre eles, você. Todas as suas pesquisas no site, suas conversas no Hangouts, no Google Maps, no Youtube, enfim, toda e qualquer atividade que você faça relacionada a qualquer uma das empresas que o Google comanda geram dados que são armazenados. Com base nisso, o site lhe enche de anúncios e conteúdos que ele considera relevante para você.

Quer fazer um teste? Procure por um termo no Google – estando logado no site, ok? Então, peça para algum amigo, também logado no Google, para pesquisar o mesmo termo. É bem provável que vocês encontrem resultados diferentes na pesquisa. E sabe porque? Exatamente, por conta dos dados armazenados relativos às preferências de cada um.

Mas, e como descobrir o que o Google sabe sobre você? É bem simples!

Clicando aqui (http://www.google.com/settings/ads/) você consegue ver tudo relativo aos anúncios direcionados ao seu perfil de buscas e interesses. Se você não quiser que o site fique salvando suas pesquisas, basta ir em Interesses e ativar ou desativar o que lhe interessa. Se você não quer anúncios, basta desativar tudo.

Já se você clicar aqui (https://maps.google.com/locationhistory) vai descobrir que o Google salvou todos os seus percursos que você buscou no Google Maps. E se você é o paranoico da privacidade, não vai querer que ninguém fique te perseguindo pela cidade, mesmoq ue virtualmente, certo? Então, é só apagar o histórico!

Já todos os itens que você digitou na famosa caixinha de pesquisa do Google diretamente podem ser encontrados aqui (https://www.google.com/history/) e se a pesquisa foi por voz, aqui (https://history.google.com/history/audio?hl=pt-BR). Ou seja, mais uma coisa para você dar uma excluída de vez em quando…

Por fim, aqueles vídeos sugeridos na página inicial do Youtube são baseadas nos dados armazenados aqui  no histórico de busca (https://www.youtube.com/feed/history/search_history) ou aqui no histórico de vídeos assistidos (https://www.youtube.com/feed/history). Então, se você não quiser correr o risco de ninguém saber o que você anda vendo no Youtube – nem o Google, é bom excluir esse histórico também…

Aposto que você não imaginava que o Google sabia tanta coisa sobre você não é mesmo???

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *