Saque de contas inativas do FGTS já injeta mais de R$5,5 bilhões na economia
11 de abril de 2017
Upa do Cristo Redentor será contemplada com Certificado de Acreditação
11 de abril de 2017

Jejum intermitente emagrece mesmo? Conheça os principais mitos e verdades

Você já ouviu falar sobre jejum intermitente? Essa forma específica de se alimentar, que promete emagrecer de forma rápida e segura, apenas regulando o horário e a quantidade das refeições, tem sido aderida por algumas famosas como Sabrina Sato, Juliana Paes e Deborah Secco.

Cada vez mais popular, essa dieta vem ganhando forças e – também – dúvidas a respeito dos reais benefícios que pode proporcionar. Para que você entenda melhor sobre a prática, o Pátio Hype explica abaixo como ela funciona e lista os principais mitos e verdades sobre o assunto. Confira!

→ Mas afinal, o que é jejum intermitente?

Todos sabem como é a rotina de alguém que quer seguir uma dieta saudável e balanceada, mas trabalha o dia todo. É aquela dor de cabeça, na noite anterior: prepara-se marmitinhas para o dia seguinte, o café da manhã, lanche, jantar, ceia… E olhe lá se não tiver mais alguma refeição. Com o jejum intermitente esse problema é amenizado, pois a dieta consiste em fazer refeições mais balanceadas, menos vezes por dia. Simplificando: o método nada mais é que comer quando está com fome.

QUALQUER PESSOA PODE FAZER ESSE TIPO DE DIETA

MITO – O jejum intermitente não deve ser feito por crianças, adolescentes, idosos, diabéticos que fazem uso de medicamentos hipoglicemiantes e gestantes.

A DIETA DIMINUI O NÍVEL DE GORDURA NO SANGUE E FÍGADO

VERDADE – Ao passarmos por longas horas sem nos alimentarmos, nosso corpo ativa um mecanismo de geração alternativa de energia, que libera hormônios usados na transformação da gordura em combustível. Quando essa ação ocorre, temos a diminuição da gordura localizada (aquela que aparece no abdômen e no culote, por exemplo) e também a queda da gordura presente no sangue e no fígado, pois esta passará a ser usada como fonte de energia.

NÃO É RECOMENDÁVEL PRATICAR EXERCÍCIOS DURANTE O JEJUM

VERDADE – Quem faz atividades físicas precisa ter um suporte adequado de nutrientes. Se a pessoa passar muitas horas sem se alimentar e, nesse tempo, for praticar exercícios pesados, ela pode ter hipoglicemia.

A DIETA DO JEJUM INTERMITENTE DÁ RESULTADO

VERDADE – De acordo com vários profissionais, é possível emagrecer fazendo esse tipo de regime. No entanto, ao fim da dieta, a pessoa pode voltar a engordar. Isso porque, quando a pessoa volta a se alimentar normalmente, ela retorna para os hábitos errados que tinha antes da dieta e engorda novamente.

Como você pode ver, existem inúmeros mitos sobre o jejum intermitente – e olha que esses são apenas os principais. Para quem está pensando em virar adepta dessa prática, o melhor a fazer é consultar um profissional que a oriente. Afinal, assim como qualquer mudança brusca na alimentação, esse método necessita do acompanhamento de um nutricionista.

 

Fotos: Reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *