Programação cultural na Rede Cuca
5 de julho de 2018
Vila das Artes divulga oficina de iniciação teatral
6 de julho de 2018

Nas décadas de 1970, 80 e 90, gerações de cearenses lotavam a praça do Ferreira e fechavam as ruas ao redor do Cineteatro São Luiz para assistir os filmes de uma das mais amadas trupes humorísticas do Brasil: Os Trapalhões/ ,E atendendo aos inúmeros pedidos do público, o São Luiz coloca a trupe em cartaz novamente. A Mostra dos Trapalhões terá 29 sessões de 20 grandes clássicos com entrada gratuita, ocorre durante o projeto “Férias no São Luiz”, até 27 de julho.  No dia 4 de agosto, Renato Aragão será homenageado, por sua inestimável obra, no equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará durante a abertura do 28º Cine Ceará.

O filmes exibidos são: “Adorável Trapalhão” (1967), “Bonga, O Vagabundo” (1971), “Ali Babá e os 40 Ladrões” (1972), “Simbad, O marujo Trapalhão” (1976), “O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão” (1977), “O Cinderelo Trapalhão” (1979),  “Os Três Mosqueteiros Trapalhões” (1980), “O Mundo Mágico dos Trapalhões” (1981), “O Incrível Monstro Trapalhão” (1981), “Os Saltimbancos Trapalhões (1981), “Os Vagabundos Trapalhões” (1982), “Os Trapalhões na Serra Pelada” (1982), “O Cangaceiro Trapalhão” (1983), “Os Trapalhões e o Mágico de Oroz” (1984), “Os Fantasmas Trapalhões” (1987),  “O Casamento dos Trapalhões” (1988), “Os Heróis Trapalhões – Uma Aventura na Selva” (1988), “Os Trapalhões na Terra dos Monstros” (1989), “O Mistério de Robin Hood” (1990) e “Os Saltimbancos Trapalhões – Rumo a Hollywood” (2017).

“Com seus 60 anos, o Cineteatro São Luiz se consolida nesta gestão como um espaço  cultural popular, acessível, plural e democrático. Nesse novo ciclo, ele não só valoriza seu passado, mas ressignifica seu valor e lugar no campo cultural do Ceará e também do Brasil. Por isso, dialogando com a memória afetiva do público e dando-o voz, é que o São Luiz  apresenta a “Mostra Os Trapalhões” em julho. Programação que já está virando tradição na cidade e tem sido responsável por movimentar as férias e ampliar o contato com o cinema e a cultura para uma nova geração de cearenses, afirma Rachel Gadelha, Diretora do Cineteatro São Luiz, que também comenta sobre a homenagem que será realizada à Renato Aragão: “A homenagem é uma forma de reconhecimento ao artista que saiu de Sobral (CE) para ganhar o mundo, responsável por mais de cinco décadas de sorrisos de inúmeras gerações.”, finaliza.

A Curadoria da Mostra foi realizada por Duarte Dias, Curador e Programador do Cineteatro São Luiz, em parceria com Rodrigo Fonseca, autor no livro “Renato Aragão: do Ceará para o coração do Brasil”. “Essa curadoria procurou ressaltar não só os títulos que tiveram maior empatia com as várias gerações de cearenses e brasileiros que apreciam a obra marcante da trupe, mas também a própria trajetória fílmica do quarteto, responsável por algumas da maiores bilheterias da história do cinema brasileiro”, destaca Duarte Dias.

Fotos: Reprodução / Fonte: Secult

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *