Semana do Dia do Consumidor começa com sessão solene na AL
13 de março de 2017
Clipe do dia – “I Feel It Coming” com The Weeknd e Daft Punk
13 de março de 2017

Olha a gente aqui outra vez com mais um “Música Daqui da Terra”, valorizando o que há de melhor na nova música cearense! Sim, porque vamos combinar: tem uma leva de novas bandas e músicos aqui da terrinha que são uma coisa de louco de tão bons, não é mesmo? Nada melhor do que dar o devido espaço para eles mostrarem sua arte!!!

E hoje a gente vem falar de um moço que manda bem no blues, manda bem no rock, manda bem na carreira solo e melhor ainda quando está com a banda. Fica ligado no trabalho de Felipe Cazaux! Mas antes de começar a brincadeira, aulinha básica para pronunciar o nome dele: é Felipe Cazô, simples assim! rsrsrsrs

Ok, a gente sabe que esse é um “Música Daqui da Terra” meio torto, afinal, Felipe é paulista, mas ele mora aqui há tanto tempo que já é praticamente cearense! Pois bem, esde 2002, Felipe Cazaux vem trabalhando como músico. No começo, tocando em bares pela cidade, ou ele ia sozinho ou era acompanhado por sua primeira banda, a Double Blues. Nesse início, toda a veia bluseira do rapaz se derrama em sua voz rasgada e sua forma única de tocar guitarra.

O tempo passou e Felipe passou a se destacar na noite cearense. A Double Blues acabou se dissolvendo e ele partiu de peito aberto para encarar a carreira solo. E assim também cresceu sua fama, que o levou para muito além do Ceará. Em suas turnês, tocou nas capitais e inúmeras cidades do Nordeste, Sul e Sudeste do Brasil, em Festivais e Projetos como: Virada Cultural, BR Blues, SESC Vila Mariana, Bourbon Street, Studio SP, Centro Cultural São Paulo – São Paulo, SP; Festival Blues e Imagens – SESC Campos, RJ; Festival de Jazz e Blues Guaramiranga, CE; Fórum Harmônicas Brasil, Festival Ponto CE, Mostra de Blues Nordeste, Centro Cultural BNB, Projeto Casa do Blues, Órbita Bar Fortaleza, CE; Festival Canoa Blues Canoa Quebrada, CE; Grito Rock, Burburinho Recife, PE; Festival DoSol, Natal Blues Festival Natal, RN; Centro Cultural DoS ol Mossoró, RN; Barra Jazz Festival Barra Grande, PI; e além de vários outros, também na Argentina, no Mr. Jones International Blues Festival em Buenos Aires. Ufa!

Mas quem acompanha a carreira dele sabe que nem só de blues vive o homem. De rock and roll também! A forma agressiva com que Felipe toca sua guitarra fez com que ele também abraçasse sua veia roqueira em seus shows, criando uma energia única a cada apresentação.

Recentemente, ele se juntou a outros dois amigos e formou a Mad Monkees, um projeto paralelo, de rock autoral, que tem conquistado um público cada vez maior na capital cearense. Saca só o som dos meninos:

Hoje, Felipe Cazaux já tem três cds lançados. Lançou seu primeiro trabalho solo em 2007, o álbum intitulado “Help the Dog!”. Felipe Cazaux lançou seu segundo álbum solo com oito anos de carreira. “Good Days Have Come” veio em 2010 e foi muito bem recebido pelo público. Por fim, em 2013, ele lançou seu terceiro álbum, “Never Go Down”, que chegou junto aos 30 anos de idade do artista, e a música também amadureceu junto, claro!

E aí, curtiram? Mandem indicações e sugestões de outras bandas daqui da terra para a gente!

Fotos e vídeos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *