Museus e suas memórias
18 de setembro de 2017
Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará
18 de setembro de 2017

Musicoletiva e Porto Dragão lançam programa musical “Volume Sessions”

Um grupo de músicos cearenses decidiu se reunir e somar expertises para fortalecer a cadeia artística e projetar as bandas autorais do Ceará. Assim surgiu o Musicoletiva. Acreditando na iniciativa, o Instituto Dragão do Mar, por meio do Porto Dragão do Mar se une ao coletivo na realização do Programa e lança o projeto no próximo sábado, dia 23 de setembro, a partir das 20h, no Anfiteatro do Dragão do Mar, com o show “Volume Sessions”, onde se apresentam as bandas Rocca Vegas, Swan Vestas, LILT e Mad Monkees. No show, trechos do programa e clipes de bandas locais serão projetados. O Volume Sessions conta ainda com o apoio da Plataforma Zero e da Aaarte Filmes na captação e edição de imagens e do Magnólia Produções na captação e edição de áudio.

A fim de formar novas plateias, o coletivo idealizou um programa para a web que traz os mais diversos temas dentro do processo de criação musical, como, por exemplo, o percurso técnico de gravação de uma faixa, bate-papos e performances ao vivo. “O programa nasceu com espírito colaborativo. Juntamos forças, expertises e fizemos acontecer porque acreditamos no potencial artístico das bandas independentes do Ceará”, destaca Jones Vasconcelos, um dos idealizadores do projeto e integrante da banda Lilt. O evento também exibirá clipes de bandas cearenses, mesmo das que já não existem mais, “como forma de resgatar e preservar a memória de projetos que contribuíram para o enriquecimento da cena e dar visibilidade às bandas emergentes”, como explica Jones.

Para o presidente do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares, a iniciativa é fundamental para fortalecer ainda mais a cena musical cearense e abre espaço para a reflexão sobre a necessidade de um novo modelo de negócio no mercado cultural. “O coletivo amadurece o que alguns grupos já vêm tentando fazer na cidade. Ao oferecer meios para que os artistas efetivem seus projetos, a iniciativa abre espaço para a emergência de novos talentos. Como principal agente de desenvolvimento do Estado, o Instituto Dragão do Mar não poderia deixar de apoiar a experiência. A ideia é que esse novo modelo possa ser estendido, em breve, a outras linguagens artísticas.”

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *