Bruna Marquezine faz tatuagem com erro ortográfico e vira piada
10 de outubro de 2018
Viradinha Cultura é atração do Dia das Crianças no RioMar Fortaleza
10 de outubro de 2018

Nojento! 5 coisas encontradas vivas “morando” em humanos

Quando se fala de coisas encontradas vivas em humanos, logo pensamos em vermes. Ok, vermes são nojentos, mas fazem parte da vida. Praticamente todo mundo teve alguma verminose quando criança. Também pensamos nos terríveis piolhos, que também fizeram parte da infância de muita gente. E nada disso é tão absurdamente nojento assim… Também tem as famosas lendas de gente que foi tomar banho de cachoeira e acabou engolindo uma cobra ou um ovo e vive com o bicho dentro da barriga. Porém sabemos que isso é mais folclore que realidade. Será?

Bem, o que estamos falando aqui nesse post é realmente de revirar o estômago. São serem que pouca gente imaginaria encontrar vivendo dentro de alguém… E que certamente ninguém quer descobrir que esteja vivendo dentre de si. É sério, o corpo humano pode servir de abrigo para cada coisa…

Larvas no couro cabeludo

Aaron Dallas foi passar as férias em Belize, curtir um sol. Até aí nada de mais. Porém, na volta, ele notou que havia alguns pequenos inchaços em sua cabeça. Foi ao médico que disse se tratar apenas de picadas de inseto. Porém, os inchaços não diminuíram e Aaron começou a sentir dores e ter a sensação de que algo se movia dentro de sua cabeça. Ele então retornou ao médico que notou que pequenos movimentos nos inchaços.

Resultado: dentro de cada inchaço havia uma pequena larva de insetos. Ao todo, foram retiradas cinco larvas. Acredita-se que algum inseto picou o jovem e depositou lá os seus ovos.

Caracol no joelho

Paul Franklin, de apenas sete anos, estava passeando na praia com sua família quando tropeçou, caiu e ralou o joelho. No dia seguinte, o local estava extremamente inchado, então sua mãe o levou ao médico, que examinou e disse que o corte iria sarar sozinho. Porém não foi o que aconteceu e ela retornou ao médico. O local parecia estar bem infeccionado e com pus.

Os médicos receitaram antibióticos e recomendaram que a mãe não espremesse o local para retirar o pus. Porém, quando o ferimento pareceu piorar, ela contrariou a recomendação e espremeu o local. Para sua surpresa, algo que parecia uma pedra saiu de lá. Ao examinar com mais atenção, ela percebeu que não se tratava de uma pedra, e sim, um caracol! Acredita-se que, ao cair na praia, um ovo do animal se alojou sob a mele machucada do menino e lá se desenvolveu. Detalhe: agora o caracol é o bichinho de estimação do garoto!

Barata no ouvido

Das coisas vivas encontradas vivendo em humanos, essa é uma das mais desesperadoras! Um australiano chamado Hendrik Helmer acordou sentindo fortes dores no ouvido e um zumbido muito alto. Com medo de que o pior tivesse acontecido, ele correu para um hospital, pois tinha certeza que um bicho havia entrado em seu ouvido. E foi exatamente isso…

Enquanto ele dormia, uma barata de cerca de dois centímetros entrou em seu canal auditivo. EEECAAAA!!! Para retirá-la, os médicos encheram o ouvido dele de solução salina para matá-la “afogada”.

Enguia no intestino

Que alguns japoneses têm hábitos para lá de estranhos, isso todo mundo sabe. Mas este homem conseguiu ir além de qualquer bizarrice! Ele viu um vídeo pornô diferente e resolveu reproduzir o mesmo em casa. Para isso, ele introduziu, por livre e espontânea vontade, uma enguia em seu ânus. E não uma enguiazinha, o animal tinha 50cm de comprimento!!! E estava vivo!!!

Sentindo fortes dores, ele correu para o hospital. O homem quase morreu com o bicho enrolado em seu intestino. E, após ter sobrevivido, hoje ele enfrenta um processo sério por maus-tratos a animais.

Espermatozoides de lula na boca

Sim, nojento, mas verdadeiro. Na Coreia do Sul, uma mulher que preferiu – óbvio! – não ter sua identidade revelada deu entrada no hospital sentindo corpos estranhos em sua língua, bochecha e gengivas. Isso aconteceu após ela comer um prato à base de lula semi crua. A mulher sentiu uma sensação de ardor e cuspiu a comida, mas continuou com uma sensação ruim na boca. Alguns dias depois, ela procurou ajuda e os médicos encontraram cerca de 12 “pequenos organismos parecidos com insetos brancos” de sua boca.

Acontece que, ao comer o animal, o saco de esperma do bicho explodiu e ela foi, por assim dizer, “inseminada” pela lula… E pensar que casos assim não são tão raros quanto se imagina nos países orientais…

Queremos dizer apenas que, depois disso, vamos dormir para sempre de fones de ouvidos!

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *