Campanha conscientiza ciclistas sobre respeito entre modais no trânsito
13 de janeiro de 2016
10+ livros que vão virar filme em 2016
13 de janeiro de 2016

Do ano passado para cá, a empresa “O Boticário” vinha, como se diz em bom cearensês, ‘se garantindo’ quando o assunto era comercial. Primeiro, eles criaram uma grande polêmica dentro e fora da internet com a campanha de Dia dos Namorados mostrando diferentes tipos de casais das mais variadas orientações sexuais. Pouco depois, no Dia dos Pais, foi a vez da temática da adoção ser abordada.

Mas em seu mais recente comercial, parece que “O Boticário” andou pisando na bola, pelo menos segundo muitas mulheres.

O Boticário3

Intitulada “A Linda Ex”, a nova campanha comercial do “O Boticário” traz três histórias de casais, aparentemente reais, que estão se separando. Cada um, em separado, conta seus motivos que o levou a pedir o divórcio. Então, uma proposta é feita às mulheres, que topam. Pois bem, a tal proposta é dar a elas uma verdadeira transformação. E assim, devidamente maquiadas, produzidas, elas vão assinar os papéis do divórcio lindas e cheias de autoconfiança enquanto os maridos as olham admirados enquanto trechos de seus depoimentos são reproduzidos. Assista ao vídeo:

[youtube width=”850″ height=”520″]https://www.youtube.com/watch?v=8uh-qsMnCe4[/youtube]

Pois bem, algumas mulheres parecem ter se sentido realmente ofendidas e acabaram acusando “O Boticário” de machismo com esse comercial, chegando a denunciar formalmente a empresa. Segundo elas, o comercial dá a entender que a culpa do fim dos relacionamentos mostrados é da mulher, por ter sido desleixada com a aparência. Enquanto as mulheres diziam coisas como “Acabou por um monte de coisinhas”, “a gente virou sócio da criação dos filhos”, os homens declaravam abertamente que “com a rotina, acaba ficando comum ficar do lado daquela pessoa, então deixa de ser atrativo”, “a gente se acostuma com as coisas, com o carro, o anel, com a pessoa que está do lado”, “acontece de parar de olhar”.

Claro que a polêmica foi grande e o órgão que regulamente a propaganda no Brasil, o Conar, que confirmou a existencia das denúncias, decidiu que vai  apurar e analisá-las até meados de fevereiro, quando promete um desfecho para a questão!

O Boticário2

Do outro lado

Mas o O Boticário, o que diz sobre a questão? O portal No Pátio esteve em contato direto com assessoria da empresa, da qual recebemos a seguinte a nota de posicionamento oficial:

“O Boticário informa que até o momento não recebeu qualquer notificação do CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) referente à campanha “Linda Ex”, a qual reforça a crença da marca representada pela assinatura Acredite na Beleza. O Boticário esclarece que valoriza a beleza presente na atitude, na autoconfiança e no olhar positivo sobre a vida. A proposta do filme “Linda Ex”, que estreou no dia 27 de dezembro, é mostrar como as pessoas tornam-se mais seguras, confiantes e dispostas a despertar o que há de melhor em sua essência quando se sentem bonitas. Acreditamos que a beleza é um estímulo para recomeçar, transformar e abrir novos caminhos, até mesmo nas decisões mais difíceis da vida.”

Enquanto a história não chega a uma decisão, queremos aproveitar para saber a sua opinião: E aí? O que você acha? O comercial da “O Boticário” foi empoderador ou machista? Conta pra gente!

 

Fotos e vídeo: Reprodução

1 Comentário

  1. Rocha disse:

    Parece que nem O Boticario conseguiu dar um “up” na aparencia delas, por isso essa revolta em processar a empresa! ??????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *