filmes de terror
Estudo aponta que fãs de filmes de terror lidam melhor com pandemias
8 de julho de 2020
Aromaterapia – Óleos essenciais para equilibrar o corpo e a mente!
8 de julho de 2020

O mais assustador da série O Grito: Origens, da Netflix, é sua baixa qualidade!

O Grito

Com a falta das novas temporadas de séries que amamos – Stranger Things, oi? – muitas das estreias de novas séries da Netflix tem sido bastante aguardadas durante essa pandemia. E a série O Grito: Origens era uma das novidades que muita gente aguardava ansiosamente, afinal, a franquia de filmes foi um sucesso. Mas dias depois da estreia na plataforma, o que deixou muita gente com medo não foi a entidade maligna que aparece, mas sim o quão ruim é a produção…

O Grito: Origens também é inspirado em Jo-Hun, o terror japonês que inspirou o filme O Grito. A serie também foi dirigida pelo cineasta Sho Miyake, o que também acabou causando grande expectativa no público. Mas como diz o ditado, crie unicórnios, mas não crie expectativas. Pelo menos esse é o sentimento de muitos fãs do filme após a estreia da série na plataforma de streaming.

Disponível desde a última sexta-feira (03), O Grito: Origens conta a história de um investigador paranormal.

acabou não emplacando tanto quanto a Netflix gostaria. Nas redes sociais, o que aconteceu foi uma chuva de críticas a produção. Do enredo da série a gente achando a história chata, complicada e nem um pouco assustadora, teve de tudo.

Então, vale lembrar que desde o sucesso de produções como A Maldição da Residência Hill, a Netflix passou a investir mais em produções de terror sobrenatural. Recentemente, Warrion Nun, outro terror sobrenatural que estreou na mesma data, ficou no top 10 entre as séries mais assistidas da plataforma, com óticas críticas da mídia especializada e do público. Mas, infelizmente, por mais que O Grito fosse aguardado, parece que deixa vez deixou a desejar… Vocês curtiram?

Fotos e vídeos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *