Dê um up no visual!
31 de maio de 2011
Clima tropical em alta
31 de maio de 2011

Oportunidade para mulheres


A quantidade de mulheres que ingressam no mercado de trabalho é grande e esse número só aumenta. Há dois anos, o IBGE mostrou que 39,5 milhões de profissionais brasileiros são do sexo feminino. Alguns segmentos do mercado estão mais abertos a receber as mulheres. Aqui, mostramos pra você as áreas onde existem mais chances de crescer na carreira!

Antes, a presença da mulher no mercado de trabalho era praticamente uma exceção.  As primeiras a vencer a barreira e trabalhar fora de casa – sem se dedicar exclusivamente a criação dos filhos e as tarefas domésticas – enfrentaram muitos preconceitos e suspeitas quanto a capacidade feminina de assumir grandes responsabilidades.

Graças à evolução, os tempos mudaram e isso já faz parte do passado. Hoje, as mulheres ocupam os mais variados cargos e as diferenças entre os sexos diminui. A área que ocupa o ranking das profissões mais exercidas pelo por mulheres no país é a arquitetura e em segundo lugar vem o direito. Em 1995, 37% dos advogados empregados no Brasil eram do sexo feminino. 10 anos depois, a porcentagem subiu para 47,7%.

Saúde e Educação são os setores mais tradicionais no emprego de mão de obra feminina, a aderência das mulheres nesses campos ainda é grande e a quantidade de vagas ofertadas também.  Já as mulheres que preferem trabalhar nas áreas de marketing e recursos humanos, as companhias aéreas são boas opções, visto que são as empresas que mais contratam funcionárias.

Para aquelas que procuram áreas não convencionais ao sexo feminino, uma boa noticia: as oportunidades nesse setor também estão crescendo. No período de 1995 a 2007, a parcela de engenheiras empregadas passou de 11,6% para 15%.  Prova de que a resistência em colocar mulheres em cargos tipicamente masculinos é vencida aos poucos.

No campo das ciências tecnológicas não é diferente. As mulheres são as mais escolhidas para o gerenciamento de projetos. Talvez, pela capacidade de administrar diferentes tarefas ao mesmo tempo. O percentual de executivas que ocupam cargos de liderança na área de TI aumentou em várias cidades brasileiras.

Todas essas oportunidades de espaço no mercado de trabalho ocorrem devido ao crescente nível de escolaridade das mulheres, na maioria das vezes bem maior que o dos homens, segundo pesquisas do IBGE. A mulher moderna prioriza muito mais o investimento em conhecimento e a ascensão profissional.  O reflexo disso é que o número de funcionárias em posições privilegiadas nas empresas cresceu muito nos últimos anos.

A emancipação profissional das mulheres é um avanço para a sociedade e um caminho para uma convivência mais igualitária. Viva as representantes do sexo nada frágil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *