Programação especial no Dia Nacional do Humorista
12 de abril de 2018
Mercado Criativo e outras feiras movimentam o fim de semana
12 de abril de 2018

Uma nova opção cultural no fim de semana! A partir deste domingo, 15/4, o Parque do Cocó será palco do Programa “Orquestras no Parque”, uma ação gratuita, para todas as idades, voltada para a difusão e valorização da música instrumental do Ceará, dentro do segmento de Orquestras, como fortalecimento da Rede Estadual de Bandas do Ceará. Resultado de uma parceria interinstitucional do Governo do Ceará, o programa reúne a Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (SECULT) e a Casa Civil.

Serão 5 (cinco) apresentações artísticas com orquestras cearenses compostas por crianças, jovens e adultos que, de 15 abril a 24 junho de 2018, sempre aos domingos, de 16h30 às 18h, no anfiteatro do Parque do Coco, apresentarão um repertório plural. Para o lançamento do programa, no dia 15/4, a apresentação ficará a cargo da Orquestra Bachiana Jovem Tapera das Artes, Aquiraz, Ceará. No dia 29/4, será a vez do público conferir a Orquestra de Sopros de Pindoretama. No mês de maio, Orós trará à Fortaleza as Orquestras Infantil e Juvenil, dia 13/5 e, Fortaleza virá representada pela Orquestra de Sopros do Piamarta, no dia 27/5.

Em junho, encerrando a primeira temporada do Programa Orquestras no Parque, teremos no dia 10/6 a apresentação da Orquestra Jacques Klein, e no dia 24/6 a Orquestra de Sopros de Icapuí. No Estado, são contabilizadas 16 (dezesseis) orquestras de música em atividade, as quais integram o Sistema Estadual de Bandas de Música do Ceará (SEBAM), instituído conforme a Lei 13.605/2005, que prevê as unidades de bandas de música, como equipamentos culturais colocados a serviço da sociedade para a pesquisa, produção e difusão cultural, com ênfase na música instrumental, geridas por instituições com ou sem fins econômicos, ou de interesse público.

Neste sentido, o Programa Orquestras no Parque vem promover, difundir e valorizar a música instrumental do Ceará, dentro do segmento de Orquestras. Busca também contribuir para a formação de plateia em música instrumental, além estimular o uso de espaços verdes da cidade como opção de lazer cultural e ambiental.

Fotos: Reprodução/Fonte:Secult

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *