O Deus de Falabella
19 de abril de 2017
Consumidor inadiplente tem até hoje para aproveitar Feirão de Recuperação de Crédito
20 de abril de 2017

Os 48 anos da ditadura portuguesa

Dica cultural para quem curte a sétima arte! O Cine Clube do Teatro Carlos Câmara (TCC) apresenta nesta quarta-feira (19), às 16h, o filme português “Natureza Morta”, de Susana Sousa Dias. O premiado documentário redescobre e penetra na opacidade das imagens captadas durante os 48 anos da ditadura portuguesa permitindo a sua reabertura a diferentes leituras.

A diretora entrecruza atualidades, reportagens de guerra, documentários de propaganda, fotografias de prisioneiros políticos, mas também rushes nunca utilizados nas montagens finais. Usando apenas materiais de arquivo, “Natureza Morta” se debruça sobre os anos de ditadura portuguesa, simbolizada por António de Oliveira Salazar, chefe político do regime. Essas imagens foram reunidas no filme sem palavras para permitir diferentes leituras do público. O objetivo da obra, segundo uma nota da realizadora, foi, trinta anos depois, lançar a reflexão sobre um conjunto de imagens de uma época de ditadura, a mais longa da Europa Ocidental no século XX. Por “Natureza Morta”, Susana Dias recebeu diversas premiações, entre elas, o Prêmio de Melhor Documentário (DocLisboa 2005) e o Merit Prize (Taiwan International Documentary Festival).

Em abril, o programa de Cine Clube do TCC traz uma mostra internacional com o tema “Narrativas Sensoriais”, a curadoria é do realizador David Leitão Aguiar. Já ficaram em cartaz os curtas “O espelho de três faces”, do diretor francês Jean Epstain;  “Notas sobre o circo” e “Canção de Avignon”, do americano Jonas Mekas; além do longa brasileiro “Diário de Sinta”, da diretora Paula Gaintán. Na próxima semana, encerrando a mostra vão ser exibidos os curtas cearenses “O Que Tenho de Você?”, de Sabina Colares, e “Batom Lilás”, de Henrique Dídimo.

Serviço:
Cine Clube do Teatro Carlos Câmara
Filme português “Natureza Morta”, de Susana Sousa Dias
Nesta quarta-feira, dia 19, às 16h, no Teatro Carlos Câmara (TCC)
Rua Senador Pompeu, 454 (Centro), a entrada é gratuita

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *