Benetton elimina roupas em seu inverno 2019
6 de agosto de 2018
Demi Lovato fala após overdose e diz “Vou continuar lutando”
7 de agosto de 2018

Os coloridos muros de Eduardo Kobra

A arte de rua pode até ser admirada por um tempo indeterminado e efêmero, mas algumas coisas nesse cenário urbano realmente nos marcam! No sinal parado, por exemplo, podemos reparar nas obras coloridas ou até nas frases que dominam os muros. E não estamos falando aqui de pichações ofensivas, mas sim da criatividade por meio de incríveis inspirações, como no caso de Eduardo Kobra! No Mundo da Arte de hoje, vamos te mostrar esse paulistano que é um dos maiores expoentes da arte de rua e neovanguarda brasileira!

Como muitos grafiteiros, Eduardo teve seu início pichando muros. Crescido na periferia de São Paulo, Kobra aprendeu a desenhar sozinho e aos 12 anos já segurava sua primeira lata de spray, onde aos poucos foi engajando-se no circuito de rap. Com essa presença dos elementos do hip-hop, inicialmente, seu trabalho de grafite era influenciado pelo momento. Porém, com o passar do tempo o artista foi tendo outras inspirações e sua criatividade aflorou para diferentes vertentes ainda mais coloridas e encantadoras.

Assim, a guinada na carreira aconteceu em 2005, quando criou o projeto “Muros da Memória”, que faz releituras de fotografias antigas em diversos pontos da cidade de São Paulo, com cenas do cotidiano e personagens pintados a látex e spray. Desde então, com mais de vinte anos de carreira, o paulistano vem conquistando projeção internacional, com convites para mostras e intervenções em diversos países. Ele já assinou mais de mil e tem cerca de 100 espalhadas pelo Brasil.

E a arte de Kobra não fica apenas nos murais! O artista pesquisa o uso de materiais reciclados e novas tecnologias, como a pintura 3D em pavimentos, criando uma ilusão de ótica com efeitos de perspectiva, luz e sombra. Pioneiro da técnica no Brasil, ele começou a experimentá-la em 2007 e hoje já assina outras dessas pinturas que confundem o olhar do público, como uma piscina em Copacabana e a reprodução da escultura Dois Candangos em Brasília.

O cenário artístico mundial nos reserva muitas inspirações e Kobra é um exemplo de que a arte de rua deve sim ser reconhecida e valoriza. Se você curtiu e quer conhecer mais, visite o site oficial e continue acompanhando o trabalho que dá mais vida aos tons escuros que dominam as metrópoles! Afinal, fica difícil não se encantar com as obras de Eduardo, não é mesmo?

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *