Pesquisa mostra quais são os horários nobres das postagens em redes sociais
2 de junho de 2015
Maternidade muda o cérebro da mulher
2 de junho de 2015

Parabéns, Vovô! Ceará S.C. completa 101 anos de fundação

Hoje é dia de festa no futebol cearense. Há 101 anos, nascia o Ceará Sporting Club, ou simplesmente Vovô, como é chamado carinhosamente pela sua apaixonada torcida. Originado a partir da ideia de funcionários e marinheiros de empresas inglesas, o Vozão é uma das maiores paixões do torcedor cearense, prova disso é a multidão de alvinegros apaixonados que lotam os estádios em dia de jogos da equipe.

Em sua centenária história, o Ceará já protagonizou diversas façanhas, que orgulham o seu torcedor. Em 1969, a equipe ganhou o seu primeiro título de expressão regional, ao faturar o torneio norte-nordeste, em 3 incríveis duelos diante do Club do Remo, do Pará. Destaque para Gildo, maior ídolo e goleador da história do clube, que marcou 3 gols na incrível virada alvinegra por 3×2 contra a equipe paraense, quando o Vovô perdia o jogo por 2×0, em pleno PV.

Outro feito que até hoje está na memória do torcedor alvinegro é a conquista do tetracampeonato cearense de 1978. O Vovô perdia para o Fortaleza por 1×0 quando Tiquinho, já nos acréscimos, marcou o gol do título alvnegro, para delírio da torcida que lotou o estádio Castelão. O locutor esportivo Gomes Farias, que eternizou em sua voz a narração do gol de Tiquinho, conta que, no momento gol, a impressão que teve foi de que o Castelão viria abaixo, tamanha a euforia dos alvinegros. “Quando o Tiquinho fez o gol, a trepidação provocada pela torcida alvinegra foi tão grande que eu disse no ar, que as arquibancadas do castelão estavam estremecendo. Foi uma loucura, uma coisa que emociona e que nunca mais esquecerei”, disse.

Em 1994, por muito pouco o Ceará não conquistou seu primeiro título de expressão nacional. Com uma equipe modesta e desacreditada, a equipe, então comandada pelo soldado alvinegro Dimas Filgueiras, encantou o Brasil ao eliminar da Copa do Brasil equipes como o Palmeiras – na época, a equipe mais forte do país – e Internacional. O Vovô chegou à decisão e só foi parado pelo Grêmio e pela arbitragem desastrosa do árbitro Oscar Roberto de Godoy, que deixou de marcar um pênalti escandaloso em cima de Sérgio Alves, do time cearense. O jogo terminou 1×0 para o Grêmio, mas um empate com gols – o primeiro jogo, em Fortaleza, foi 0x0 – daria o título ao time alvinegro. Ano depois, o próprio árbitro reconheceu que errou ao não marcar a penalidade para o Ceará. Com o vice-campeonato, o Vozão ganhou o direito de participar da Copa Conmebol, sendo, assim, o primeiro clube cearense a participar de uma competição internacional.

Samsung

Nos últimos anos, sobretudo após a chegada do presidente Evandro Leitão, em 2008, o Ceará cresceu, tanto em estrutura quanto em competitividade. Em 7 anos, o alvinegro venceu 4 campeonatos estaduais, subiu para a Série A do campeonato Brasileiro e já coleciona a sua terceira participação em competições internacionais, já que disputará a Copa Sul-Americana este ano. O clube venceu, este ano, a Copa do Nordeste, principal competição do futebol regional e uma das mais disputadas do País.

Por essas e outras, o torcedor alvinegro anda nos últimos anos com um sorriso de uma ponta à outra da orelha. Sorriso este que se torna ainda mais aberto hoje, quando o clube completa mais um ano de fundação. Parabéns, Ceará! Parabéns, Vozão! Parabéns, torcida alvinegra! Que a maior paixão do torcedor cearense siga este caminho de ascenção e que nunca deixe de ser a equipe aguerrida e que enche de orgulho a sua nação, afinal, como o próprio hino do clube diz: “Ceará, a tua glória é lutar!”.

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *