Scott Cleland: o inimigo nº 1 do Google
10 de julho de 2012
RaioX Fashion com Carla Menezes
10 de julho de 2012

Por que continuamos usando o Facebook?

Possivelmente você deve conhecer a história do Orkut, não é mesmo? Até pouco tempo atrás essa era a rede social mais usada pelos brasileiros – todo mundo tinha um perfil. Não é exagero falar isso! Toda essa popularidade acabou cansando alguns usuários, que simplesmente abandonaram o Orkut em busca de um serviço mais exclusivo – migaram para o Facebook. Mas agora parece que todos têm um perfil no Facebook. A dúvida é: porque será que a rede social mais popular do mundo ainda se “orkutizou”?

Afinal, todos estão no Facebook e, ainda acessamos a rede social todos os dias! De acordo com uma pesquisa, publicada pelo Journal of Broadcasting & Electronic Media, isso acaba acontecendo porque com o tempo as modificações foram ocorrendo – o que o Orkut não fez! O que significa que, pelo menos na prática, os preceitos do Facebook são bem mais válidos. Se nós entramos lá todos os dias é porque desejamos nos entreter.

Agora embaraçou tudo! Afinal, em 2008, uma pesquisa revelou que o motivo para as pessoas ficarem no Facebook era para fazer e manter amigos. Ao que tudo indica isso se desgastou e a maioria dos usuários entra na rede para “passar o tempo” e se divertir! Ah, e também tem aqueles que adoram manifestar seus sentimentos e que pouco se importam para quem se direciona a mensagem!

Mas, calma! Afinal, nenhuma pesquisa e tão perfeita – ela não aborda todos os motivos individuais que podem levar a pessoa a acessar o Facebook, mas mostra que, atualmente, nossos motivos para nos engajar em uma rede social não são nada parecidos como antigamente. E é claro que o Facebook procura se adaptar, para tornar mais fácil a vida dos usuários, mesmo que spara isso seus objetivos tenham que mudar também. Isso justifica todas as modificações drásticas na rede social – a timeline é um ótimo exemplo disso – embora que ainda seja questionável… E você, o que acha da pesquisa?

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *