Camilo Santana sanciona lei que dá 12,5% de desconto no ITCD
11 de março de 2019
VII Festival Internacional de Folclore do Ceará reúne diversas manifestações culturais
11 de março de 2019

Prefeito Roberto Cláudio lança edital para ampliação do sistema de Bicicletas Compartilhadas de Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio lançou, na manhã da última sexta-feira (08), o edital de licitação para ampliação do sistema de Bicicletas Compartilhadas de Fortaleza (Bicicletar), durante coletiva de imprensa no Paço Municipal. Dentre as novidades, estão o aumento do número de estações, melhorias tecnológicas e nova fonte de recurso para expansão do serviço, que contará, também, com a modalidade via recursos de fundos do Zona Azul.

“Vamos sair de 80 para 210 estações, um aumento em mais de 150%. O mais importante é que será uma implantação rápida. Demoramos mais de dois anos e meio para implantar 80, pois dependíamos do recurso do patrocinador. Agora, também com o fundo da Zona Azul, podemos acelerar a implantação. Nosso plano é que entre junho e dezembro implantemos as 130 novas estações”, afirmou o Gestor da Capital.

Novidades como câmeras de videomonitoramento e alarme sonoro em todas as estações, botões individuais para solicitar conserto de bicicletas, renovação de toda a frota de bicicletas e as estações, reserva de cinco minutos para retirada do modal, escolha do equipamento a ser utilizado através da mobilidade Bilhete Único, adaptação do Sistema para recebimento de bicicletas elétricas no futuro, monitoramento de 10% das bikes por GPS, 14 novas estações do Mini Bicicletar e central de atendimento por telefone gratuita e também via Whatsapp, também estão entre as melhorias.

O Certame Público nº 02/2019 – Edital nº 4435 contempla requisitos mínimos como 80 estações patrocinadas e 130 através de recursos públicos, esse último com utilização de recursos da Zona Azul para custear o novo sistema, que contará com bicicletas com a marca da Prefeitura.

O sistema terá características como espaçamento de 500 metros entre estações, implantação em locais de grande fluxo de pessoas e que promovam a equidade social. O funcionamento deverá continuar de 5h à 23h59, todos os dias do ano, 24h para devolução e com 24 horas de logística.

Outras exigências são relativas aos níveis de serviço mínimos e previsão de multas por não cumprimento, podendo contar com estações maiores, com maior número de vagas, sendo hoje 12 por estação, podendo chegar a 20 vagas.

Sobre o decorrer da licitação, Luiz Alberto Saboia, secretário-executivo da Conservação e Serviços Públicos, esclareceu como se dará o processo. “Hoje está sendo lançado no Diário Oficial do Município. Temos um prazo de 45 dias para abertura dos envelopes. Estimamos que no fim de maio ou início de junho possamos assinar o contrato e ordem de serviço. A implantação começaria no fim de junho, julho e estenderia até o fim do ano, quando chegaríamos as 210 estações”, declarou.

Este é o maior investimento feito em bicicletas compartilhadas da história da Cidade e faz parte de um conjunto de ações para a área. “A política cicloviária de Fortaleza inclui não só as bicicletas compartilhadas, mas um conjunto de novas ciclovias e ciclofaixas criadas. O Plano Diretor melhor identifica como implantar essas vias e suas integrações, as Bicicletas Integradas, Ciclofaixas de Lazer, envolve também as estações compartilhadas”, completou Roberto Cláudio.

O projeto começará pelo corredor oeste de Fortaleza, do Centro até a Barra do Ceará, tornando-se o terceiro maior sistema do tipo no Brasil em número de estações, perdendo para São Paulo e Rio de Janeiro. Se comparado por abrangência populacional relacionado ao tamanho do território será a primeira do País.

Fortaleza e mobilidade cicloviária
Fortaleza conta hoje com 255 Km de ciclovias ou ciclofaixas. Neste ano, serão implantados novos 70 Km, mesmo valor a ser acrescido em 2020.

O Bicicletar conta com mais de 2 milhões de viagens, 224.291 usuários registrados, sendo que 75% deles com idade entre 15 e 35 anos e que utilizam o sistema para deslocamentos diário entre trabalho, compras e estudos. Um a cada três é mulher e 38% são estudantes.

Hoje, são 80 estações do Bicicletar e cinco do Mini Bicicletar, viabilizadas com a parceria com a Unimed Fortaleza.

Confira aqui a apresentação do Edital de Expansão do Bicicletar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *