"Rua de Lazer" bota moradores de Sobral para fazer exercícios
20 de agosto de 2015
Câmara Municipal homenageia ciclistas pelo Dia Nacional do Ciclista
20 de agosto de 2015

Prefeitura de Fortaleza abre novos Conselhos Tutelares

Cuidar da criança é uma necessidade. Para isso, Fortaleza conta com os Conselhos Tutelares. Para aumentar ainda Para aumentar ainda mais a área de abrangência destes conselhos, a Prefeitura vem aí com novidades.

O prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta segunda-feira, 17, decreto que prevê a criação de dois novos Conselhos Tutelares em Fortaleza, ampliando de seis para oito o número de Conselhos. Pelo decreto, cada um dos novos conselhos tutelares terá cinco membros, com seus respectivos suplentes.

conselhosO Conselho Tutelar VII atuará na Regional I e o Conselho Tutelar VIII terá atuação na área da Regional VI. Os equipamentos terão salas climatizadas, brinquedoteca, ambiente de leitura e acolhimento, sala de reunião e estacionamento. As despesas decorrentes da criação dos conselhos tutelares serão por conta da dotação orçamentária da Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci).

A seleção para a escolha dos novos conselheiros tutelares de Fortaleza, que está em andamento, já prevê as vagas para os conselheiros dos dois novos Conselhos criados pelo decreto. Serão empossados 40 conselheiros titulares e mais 40 suplentes, o que representará um aumento de 30% da quantidade de conselheiros em Fortaleza.

As equipes de trabalho que atuam nas unidades são compostas por cinco conselheiros, assistentes sociais, psicólogas, advogados, educadores sociais, serviços gerais e vigilantes. Dois carros ficam à disposição dos conselheiros para o acompanhamento das famílias e averiguação de denúncias.

A presidente da Funci, Tânia Gurgel, destacou a importância do papel desempenhado pelos conselheiros tutelares, que ficam mais próximos da comunidade para dar suporte e o primeiro atendimento a quem precisa. “É de extrema importância a presença do conselheiros tutelares para assegurar que os direitos das crianças e dos adolescentes não sejam violados”, reforçou Tânia.

Fotos: reprodução

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *