Beyoncé está grávida de novo e internet vai à loucura
2 de fevereiro de 2017
7 dicas para conseguir um novo emprego
2 de fevereiro de 2017

Com a chegada das chuvas se intensifica a preocupação com a reprodução do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a zica, a dengue e a temida chicungunya. Por isso, a Prefeitura de Fortaleza anunciou nesta quarta-feira (01) que vai intensificar as ações de combate ao Aedes aegypti.

A ação faz parte do  Plano Emergencial de Controle elaborado pela coordenadoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), e as atividades já começaram. Elas são realizadas pela manhã nos bairros Conjunto Ceará, José Walter, Mondubim, Jangurussu e Conjunto Palmeiras.

A abordagem terá a temática “Sempre é hora de combater o mosquito”, que visa sensibilizar a população para a forma correta de acondicionamento, e descarte do lixo; a eliminação dos criadouros de mosquito e o envolvimento das lideranças comunitárias, escolas e postos de saúde nas ações preventivas de combate ao mosquito. Entre as ações, o destaque fica para o mutirão de visitas educativas com abordagem direcionadas para os depósitos com focos do vetor, divulgação de alerta nas escolas com alunos, professores e diretores sobre as medidas de prevenção ao Aedes além de reuniões com os coordenadores dos postos de saúde para a elaboração de um modelo de assistência aos pacientes.

Participam da ação profissionais do Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social (NESMS), agentes e supervisores de combate as endemias. A ampliação do combate ao Aedes aegypti segue acontecendo até o próximo dia dez de fevereiro nas áreas citadas anteriormente, mas é dever da população da cidade como um todo cuidar para que o mosquito não se reproduza, evitando o acúmulo de água parada.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *