Novidades da Netflix em julho
22 de junho de 2018
Vila das Artes abre inscrições para residência de criação artística
25 de junho de 2018

O Ceará tem 573 quilômetros de litoral e praias mundialmente conhecidas, como Jericoacoara e Canoa Quebrada. Mas, na Terra da Luz não tem apenas sol e mar. Para quem gosta de curtir aquele friozinho, tem também serras e chapadas, relevos com altitudes elevadas e vegetação verde que contrastam no meio do sertão. Um desses destinos turísticos é a Chapada do Araripe, localizada ao Sul do Estado, no Cariri. Na divisa entre o Ceará e Pernambuco, a formação geológica é uma reserva ecológica que reúne fontes naturais, grutas e sítios paleontológicos.

E durante as férias, a Chapada será palco do primeiro Arajara Jazz e Blues. Neste ano de 2018, Barbalha sediará, pela primeira vez, um festival de jazz e blues. O local escolhido para receber o festival é Araraja, distrito situado no sopé da serra.

O Arajara Jazz e Blues ocorrerá entre os dias 29 de junho e 1º de julho. Com entrada gratuita, o festival terá shows com artistas de renome nacional e, claro, atrações locais. Uma das atrações do festival é o compositor e cantor Luiz Fidélis. O músico caririense possui um repertório de mais de 200 canções e cerca de 25 anos de carreira. Compôs para vários artista brasileiros, entre eles: Elba Ramalho, Dominguinhos e Fagner.

Luiz Fidélis, uma das atrações do Arajara Jazz e Blues

Quem também subirá ao palco do festival, batizado de soldadinho-do-araripe, em homenagem ao pássaro símbolo da região, é a banda BluesIN. Ela buscou um timbre musical inspirado nas origens do blues norte-americano e nos ícones do rock’n roll das décadas de 1970 a 1990. Nascido no enorme celeiro artístico/cultural que é o Cariri Cearense, o power trio composto por Pedro Grangeiro (guitarra e vocal), Dion Saraiva (bateria) e Emerson Gomes (contrabaixo) executa interpretações de grandes bandas e artistas como Jimi Hendrix, Led Zeppelin, The Beatles, Eric Clapton e Stevie Ray Vaughan.

Banda BluesIN

Trilhas

Durante o Arajara Jazz e Blues, quem gosta de se aventurar praticando mountain bike ou fazer aquela caminhada pode se embrenhar nas diferentes trilhas da Floresta Nacional do Araripe. Uma das melhores vistas é alcançada na Trilha do Mirante do Picoto de Arajara, de cerca de 8 quilômetros. Do topo é possível avistar cinco cidades, inclusive Juazeiro do Nort,e com vista da estátua de Padre Cícero.

Outra trilha bastante conhecida é que passa pelo Cruzeiro do Farias e chega no Picoto da Macaúba, também chamado de Mirante de Seu Mundô. O apelido faz jus a um senhor que viveu até mais de 80 anos dentro da floresta, colaborando com os programas de preservação e estudo do Ibama. O mirante forma uma emocionante passarela suspensa, natural, que feito um “narigão” se insinua no meio das alturas da chapada. Por ela, pode-se desfrutar de uma visão privilegiada tanto da parte selvagem e incontaminada da encosta quanto da parte ocupada pelas comunidades da encosta e do Vale do Cariri. Para participar das trilhas é preciso fazer uma inscrição pelos números (88) 9.9936-550/(88) 9.8106.9944 e pagar uma taxa de R$ 20.

O festival promete entrar para o calendário de festejos do município, quiçá do Nordeste. Vale ressaltar que toda a programação musical do Arajara Jazz e Blues é gratuita.

Serviço

Arajara Jazz e Blues
Dias 29 de junho e 1º de julho
Arajara – Barbalha

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *